Capa da Publicação

Heróis Renascem: Hulk se torna versão trágica do Bizarro em nova saga da Marvel

Por Leo Gravena

Atenção: Alerta de Spoilers!

Heróis Renascem, a nova saga da Marvel que mostra um mundo sem os Vingadores e com o Esquadrão Supremo como os principais heróis da Terra, está bem mais violenta e trágica do que os fãs poderiam imaginar. Com a equipe liderada por Hyperion sendo bem mais violenta e sombria que os Vingadores, vários heróis, vilões e personagens conhecidos do Universo Marvel 616 já morreram ou tiveram um destino bem trágico. Agora, descobrimos o que ocorreu com o Hulk nesse novo mundo.

Até o momento, Blade era o único que se lembrava do mundo anterior, com os Vingadores reunidos e tudo do jeito que deveria ser. Na segunda edição da saga, contudo, descobrimos que o Hulk também se lembra do que ocorreu, porém nessa nova realidade seu intelecto parece ainda mais frágil em sua forma monstruosa do que anteriormente, com sua fala sendo mais mais afetada e lembrando bastante uma versão do clássico vilão do Superman, o Bizarro.

Hulk se lembra do universo original.

Com Hyperion e o Esquadrão Supremo sendo paródias do Superman e da Liga da Justiça, vemos aqui uma versão do Hulk que sabe que está no “mundo errado”, porém não consegue demonstrar toda a sua frustração e acaba lutando contra Hyperion – que não compreende que o personagem está apenas confuso.

Hulk consegue dar alguns bons golpes no outro herói, porém a luta acaba de uma forma bem violenta quando Hyperion utiliza seus raios de calor para destruir completamente o Golias Esmeralda. Segundo a narração, Hyperion precisa matar ele “diversas vezes”, com o Hulk, no final, virando apenas uma “poça de gosma radioativa”. As últimas palavras do herói são perguntando “onde está Steve?”.

Hulk é morto por Hyperion.

Heróis Renascem #2 acaba mostrando o Blade e o Capitão América juntos, desconfiando das intenções de Hyperion e do Esquadrão Supremo.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."