Capa da Publicação

Globo de Ouro: Tom Cruise devolve prêmios e se junta ao protesto

Por Cristiano Rantin

O Hollywood Foreign Press Association, mais conhecido pela sigla HFPA, está encarando diversas críticas e protestos. O grupo é responsável pela organização do Globo de Ouro e está sendo boicotado por grandes empresas e famosos por falta de diversidade — além dos questionamentos sobre a ética da premiação. Agora, o Deadline noticiou que Tom Cruise devolveu suas três estatuetas como protesto.

Tudo começou após uma reportagem que revelou que, apesar das promessas de inclusão, a HFPA não possuía nenhum integrante negro dentre os seus mais de 80 membros. A proximidade da organização com os gigantes de Hollywood também levantou suspeitas, uma vez que a ética da HFPA foi questionada, levantando a desconfiança de que os indicados e os vencedores poderiam ser escolhidos de forma injusta. Scarlett Johansson, também pontuou outro grande problema com a associação, o machismo e o comportamento inapropriado durante as coletivas de imprensa, algo que, segundo ela, beirava o assédio sexual.

Tom Cruise com o Globo de Ouro por “Nascido em 4 de Julho”.

Tom Cruise recebeu o Globo de Ouro de melhor ator por Jerry Maguire: A Grande Virada (1996) e Nascido em 4 de julho (1989), com um prêmio de melhor ator coadjuvante por Magnólia (2000). E em a tantos protestos e boicotes, ele se decidiu devolver as estatuetas para o HFPA, uma ação que o Deadline desconfia ser apenas o começo, algo que outros famosos podem copiar.

Cruise se junta Amazon, Netflix e ao canal NBC que anunciou que, neste ano, não vai transmitir a entrega de prêmios. Além disso, outras organizações e famosos fazem coro ao boicote, pressionando a HFPA para que ela acelere suas mudanças.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"