Capa da Publicação

Gavião Arqueiro com perda auditiva? Entenda o que pode ter acontecido com o personagem

Por Gus Fiaux

Um dos heróis mais peculiares do Universo Cinematográfico da Marvel, o Gavião Arqueiro sempre foi conhecido por ser um homem normal entre deuses, heróis e monstros. Ele não possui poderes, apesar de ter uma mira certeira e invejável. E com os eventos de Vingadores: Ultimato, sua vida está ainda mais complicada – especialmente com a morte de sua grande amiga e parceira, a Viúva Negra.

Porém, sua série solo promete abrir as portas para uma história bem interessante do personagem, conforme ele fica encarregado de treinar sua aprendiz, Kate Bishop. E no meio disso tudo, um elemento muito importante das HQs do herói será trazido para o MCU: sua surdez. Neste artigo, vamos explorar um pouco sobre a perda auditiva de Clint Barton nos quadrinhos e como isso pode ser transmitido para os cinemas!

Nos quadrinhos, a surdez de Clint era um assunto tratado com certa indiferença pelos autores, até que Matt Fraction assumiu as histórias do herói e resgatou o elemento com muita sensibilidade.

Gavião Arqueiro e sua surdez nas HQs

Nos quadrinhos, a história da surdez de Clint Barton data de 1983, nas páginas da quarta edição de sua primeira revista solo. Até então, o personagem nunca tinha sido surdo, mas tudo mudou em uma história na qual ele se junta à Harpia, a serviço da S.H.I.E.L.D., para deter um vilão conhecido como Fogo Cruzado, que estava em posse de um dispositivo capaz de manipular mentalmente qualquer alvo.

Clint acaba usando uma flecha sônica para rebater os efeitos do dispositivo, armando-a e segurando-a em sua própria boca. Dá certo e ele consegue deter Fogo Cruzado, mas devido à proximidade da flecha, ele acaba ficando completamente surdo. Poucas edições depois, a própria Harpia (que se tornaria esposa dele nos quadrinhos) acaba o presenteando com um conjunto de aparelhos auditivos.

Essa surdez de Clint sempre foi contornada de formas “milagrosas”, o que era visto como uma questão problemática por fãs surdos da Marvel – já que fazia com que o herói perdesse esse traço e fosse sempre retratado como ouvinte. O ápice disso se deu nos anos 90, perto dos eventos de Heróis Renascem. Após “adentrar” o universo compacto de Franklin Richards, Clint sai completamente curado.

Durante anos, o personagem perdeu esse traço, deixando de ser um símbolo de representatividade positiva para PCD (pessoas com deficiência). Mas em 2014, no auge da fase de Matt Fraction David Aja à frente do herói, nós vimos isso voltar de uma forma bem tocante. Na revista, ele acaba enfrentando o Palhaço, um mercenário polonês que estava na cola do Vingador.

O Palhaço acaba perfurando os tímpanos do Gavião Arqueiro com as próprias flechas do herói. Porém, na história é revelado que a perda de audição de Clint foi gradual e começou quando ele ainda era criança, devido à violência doméstica de seu pai – esse inclusive foi o motivo pelo qual ele e seu irmão, Barney Barton, fugiram para viver no circo, onde Clint foi treinado pelo Espadachim, tornando-se o Gavião Arqueiro que conhecemos e amamos.

Na fase de Fraction e Aja, a surdez do herói é muito bem trabalhada, já que ele precisa aprender a dominar a ASL (acrônimo para a Linguagem Americana de Sinais, similar a Libras no Brasil) e também leitura labial, para que possa se comunicar. Nos quadrinhos mais recentes, a surdez do personagem é trazida com grande evidência, ainda que não seja o foco principal de suas histórias.

No primeiro trailer de Gavião Arqueiro, Clint Barton já aparece usando aparelho auditivo.

Como isso pode acontecer no MCU?

Como a série ainda não foi lançada, não sabemos o que pode acontecer com o Gavião Arqueiro para que ele fique surdo no Universo Cinematográfico da Marvel – contudo, há alguns rumores que podem nos levar a entender essa perda auditiva. Há quem acredite que isso será uma consequência dos eventos de Vingadores: Ultimato, quando Thanos destrói toda a Mansão dos Vingadores para roubar as Joias do Infinito.

Clint acaba caindo no meio dos destroços e por pouco não morre – e esse pode ser um dos pontos iniciais da surdez, devido ao estrondo provocado pelo colapso da propriedade. Porém, se esse for o caso, é importante lembrar que ele não estava surdo durante a batalha final do filme, o que pode indicar uma perda gradual. No trailer, já o vemos com seus aparelhos auditivos enquanto ele conversa com sua filha – e acredita-se que isso seja bem no começo da série.

A outra possibilidade é que tudo isso esteja diretamente relacionado ao Palhaço – que na série, será interpretado pelo ator irlandês Fra Fee e se chamará apenas Kazi. Sabemos que o mercenário deve acabar indo na cola de Clint e de sua aprendiz, Kate Bishop, e se a série seguir fielmente os eventos dos quadrinhos de Matt Fraction David Aja, é possível que a perda de audição do herói também seja provocada pelas suas próprias flechas.

Por outro lado, não sabemos ainda se a série vai explorar mais do passado de Clint Barton e suas origens – se fosse esse o caso, até poderíamos ter toda a conexão com seus primeiros anos no circo e com seu pai abusivo. De qualquer forma, é um passo importante para a Marvel, já que a (falta de) representação de pessoas com deficiência é nítida e só será corrigida neste ano, tanto em Gavião Arqueiro quanto Eternos (através de Makkari).

E falando nessa representação, é aqui que pode entrar outra personagem bem importante dos quadrinhos na vida de Clint: Maya López, a Eco. Nos quadrinhos, Eco também é surda e na série, ela será interpretada por Alaqua Cox – atriz que também é surda. É possível que, na série, Eco ajude Clint a compreender melhor sua surdez, ensinando-o a lutar mesmo sem sua audição integral. Tudo isso promete trazer um ponto bem positivo e uma discussão ampla para os heróis do Universo Cinematográfico da Marvel.

Gavião Arqueiro estreia em 24 de novembro, no Disney+.

Abaixo, confira tudo o que você precisa notar no trailer da série do Gavião:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux