Esquadrão Suicida: Quem foi o primeiro vilão a ter a cabeça detonada por Amanda Waller nas HQs?

Capa da Publicação

Esquadrão Suicida: Quem foi o primeiro vilão a ter a cabeça detonada por Amanda Waller nas HQs?

Por Gabriel Mattos

O Esquadrão Suicida de James Gunn deixou claro que Amanda Waller não tem medo de detonar as cabeças de seus subordinados quando ela perde a paciência. Mas poucos sabem como esta tradição começou nos quadrinhos.

Os primórdios explosivos

No início, as coisas eram mais simples. Os vilões que participavam do Esquadrão Suicida eram obrigados a usar pulseiras explosivas que detonavam caso o vilão decidisse trair o grupo.

A única vez que vemos as pulseiras em ação é quando a equipe está em uma missão para enfrentar androides alienígenas.  Frustrado que suas habilidades de estrangulamento não surtiam efeito em robôs, o Amarra tentou fugir e teve seu braço destruído em mil pedacinhos. Ele sobreviveu para contar história, mas nenhum outro membro de sua equipe tentou outra gracinha.

Amarra é a primeira vítima de Amanda Waller, mas não perdeu a cabeça

Quem perdeu a cabeça primeiro?

Anos depois, Waller começou a usar colares de contenção em seus detentos. Explosivos, claro. Mas depois fica claro que os colares não passavam de uma fachada bem elaborada para um plano mais cruel.

Na verdade, todos os presidiários de Belle Reve tiveram uma microbomba secretamente implantada dentro de seus crânios. A revelação bombástica acontece quando um vilão chamado Puma tenta escapar da prisão em Suicide Squad: Raise the Flag #1, de 2007. Sem pensar duas vezes, Waller mandar detonar seu cérebro.

Puma não teve tanta sorte

A própria Amanda Waller tem uma bomba escondida em seu cérebro para caso de emergências. Somente Rick Flag conhece este segredo, mas será que veremos isso ser adaptado nos cinemas? Não deixe de comentar!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse