Dragon Ball Super: Mangá revela quem salvou Granolah da destruição

Capa da Publicação

Dragon Ball Super: Mangá revela quem salvou Granolah da destruição

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Nos últimos meses, os fãs de Dragon Ball Super estão cada vez mais investidos no arco Granolah, o Sobrevivente – e desde então, não faltam revelações, plot twists e até mesmo alguns momentos dramáticos. No mais novo capítulo do mangá, descobrimos quem salvou Granolah no Planeta Cereal, durante a grande guerra que dizimou a raça do personagem – e se trata de ninguém menos que Bardock, o pai do Goku.

O mangá (via Comic Book) então explica um pouco dos motivos que levaram o Saiyajin a defender a criança e sua mãe. Na trama, acompanhamos a invasão ao Planeta Cereal, bem no meio da guerra sangrenta entre os Saiyajins e os Namekuseijins. É então que descobrimos que Bardock foi o Saiyajin que encurralou Granolah e sua mãe, mas ao ver os dois com tanto medo, ele teve uma crise de consciência e os salvou.

Durante o encontro, Granolah acabou desmaiando logo após ser encurralado e não presenciou nada do que veio a seguir. Mas os leitores puderam ver Bardock relembrando de sua própria família, Gine e seu filho Kakaroto, ao ver os dois. Isso fez com que ele se destransformasse e decida salvá-los e foi dessa forma que Granolah, o atual “vilão” do mangá, se torna um dos últimos sobreviventes de sua raça.

No mangá, é revelado que foi Bardock, o pai de Goku, quem salvou Granolah.

Analisar isso de um contexto maior é bem interessante — ainda mais quando levamos em conta que só agora Goku descobriu que Bardock era seu pai. Porém, essa ideia cria alguns paralelos entre Goku Granolah, fazendo com que os dois personagens sejam bem mais parecidos que distantes. E se lembrarmos do começo de Dragon Ball, quando Goku ainda era um jovem perdido, tudo faz ainda mais sentido.

O 77º capítulo de Dragon Ball Super está disponível no Japão, sem previsão de publicação no Brasil.

Abaixo, confira também curiosidades sobre o dragão Shenlong:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux