Dragon Ball é retirado do ar na Argentina por causa de uma cena de abuso sexual

Capa da Publicação

Dragon Ball é retirado do ar na Argentina por causa de uma cena de abuso sexual

Por Evandro Lira

Na Argentina, o anime Dragon Ball Super foi retirado da grade televisa devido à um episódio que, supostamente, incita um abuso sexual.

A série, que teve seus episódios originalmente exibidos entre 2015 e 2018, estava sendo reprisada na TV argentina quando o Ministério da Mulher, Políticas de Gênero e Diversidade Sexual de Buenos Aires apresentou formalmente uma denúncia, afirmando que “o episódio de Dragon Ball Super, que foi assistido nas telas da Argentina, reproduziria o exercício de violência sexual de um idoso contra uma menor, em um contexto de aceitação social, em que a violação de uma menina foi naturalizada”.

A cena que causou a polêmica mostra uma interação entre o Mestre Kame, um idoso, com Pual, um animal transformista que, a pedido de Kame, se transforma numa garota “bela e jovem”. Ela tenta se livrar das garras de Kame enquanto ele está determinado a agarrá-la. Na cena, há outros personagens que apenas observam a coisa acontecer, constrangidos.

Momento em que Mestre Kame passa a assediar garota em Dragon Ball Super

O comunicado oficial indica que “a cena retrata como a recusa da jovem é ignorada pelo Mestre, que continua a forçá-la a fazer o que não quer, enquanto as demais personagens, visivelmente comovidas e angustiadas com a situação, observam silenciosamente as ações violentas e abusivas do homem adulto.”

De acordo com o DigitalTrends, a WarnerMedia e a Cartoon Network foram receptivos à denúncia, resultando no cancelamento da série Dragon Ball Super no país latino-americano.

O anime ganhará um novo filme, previsto para lançar em 2022, chamado Dragon Ball Super: Super Hero. O longa deve dar sequência à trama mas com algum salto temporal.

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira