Capa da Publicação

Disney+ bloqueia filmes clássicos de perfis infantis por conteúdo racista

Por Gabriel Mattos

Os tempos mudaram e a sociedade evoluiu muito nas últimas décadas. Continuar reproduzindo as ideias nocivas que passavam despercebidas no século passado é retroceder. Para evitar isso, a Disney decidiu ser mais criteriosa nos filmes infantis que disponibiliza no Disney+ (via CBR).

Filmes que contenham representações ofensivas de culturas indígenas, como Peter Pan, ou caricaturas hostis de pessoas negras, como Dumbo, não podem mais ser encontrados ou acessados por perfis de crianças menores de 7 anos.

Para os demais usuários, esses filmes continuam completamente disponíveis. Entretanto, antes de assisti-los é exibido um aviso por 12 segundos que explica os impactos negativos que essas obras tiveram na vida de milhares de pessoas ao redor do mundo.

Além de Dumbo e Peter Pan, também foram restringido os filmes Aristogatas e A Cidadela dos Robinsons.

A ideia da restrição é garantir que as crianças só tenham acesso a esse conteúdo negativo em uma idade que tenham discernimento o suficiente para entender que os valores expressos naquelas obras ainda podem causar sofrimento para toda uma parcela da população.

A decisão de manter o conteúdo para os demais usuários é uma forma de respeitar a dor causada por todos esses anos, assumir o erro e trabalhar para construir um futuro melhor. Afinal, embora seja impossível esquecer já que essas representações trouxeram consequências vistas até os dias de hoje, é importante trazer à tona um diálogo saudável sobre o tema.

Os pardais de Dumbo fazem referência direta a propagandas racistas.

Em uma época onde as empresas estão sendo obrigadas a enfrentar os erros do passado, essa parece ser uma das abordagens mais maduras ao problema. Concorda com a atitude da Disney? Não deixe de comentar!

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse