Capa da Publicação

Executivo da Ubisoft comenta denúncias de assédio contra líderes da empresa

Por Lucas Rafael

A Ubisoft passa por um período complicado. Diversos executivos no alto escalão da empresa foram acusados de comportamento sexual inadequado e acabaram abandonando seus postos. As denúncias se deram por diversos funcionários e ex-funcionários da desenvolvedora e publicadora de games, conhecida por franquias como Assassin’s Creed, Far Cry e Watch Dogs. Agora, Yves Guillemot – CEO da empresa – comentou os ocorridos.

Segundo Guillemot, ele se sente traído pela própria equipe:

“Cada vez que tomamos ciência de uma má conduta, tomamos decisões difíceis, e nos certificamos de que essas decisões tinham um impacto claro e positivo. Agora, ficou claro que certos indivíduos traíram a confiança que eu depositei neles, e não aderiram aos valores compartilhados pela Ubisoft. Nunca comprometi meus valores e ética centrais, e nunca irei.”

A Ubisoft também enfrenta críticas sobre o protagonismo de Kassandra em Assassin’s Creed Odyssey ter sido negado por um ex-executivo. Frederick Durguet, CFO da empresa, comentou o caso:

“Representamos a diversidade de maneira significativa em nossos jogos. E tais títulos estão entre nossos jogos mais icônicos… como você pode esperar do comprometimento e paixão de nossa equipe, a Ubisoft irá continuar liderando a indústria em diversidade e representação em nossos jogos futuros.”

E aí, o que você acha da atual situação da Ubisoft? Comente!

Via: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Entusiasta de coisas demais