Capa da Publicação

Presidente da Take-Two defende o aumento nos preços dos jogos de PS5 e Xbox Series X

Por Evandro Lira

Strauss Zelnick, CEO da Take-Two, desenvolvedora de games, abordou a questão dos preços dos títulos para a próxima geração de consoles. Segundo ele, o aumento nos valores é justificado devido a qualidade da experiência.

No início de julho, os fãs de videogame foram pegos de surpresa ao descobrirem que o NBA 2K21 seria vendido nos Estados Unidos por 70 dólares para o PS5 e Xbox Series X, vendo um amento de 10 dólares em relação ao mesmo jogo de geração anterior.

Ao Games Industry, Zelnick defendeu a subida nos preços e explicou o motivo:

“Não houve aumento de preço nos principais títulos por muito tempo, apesar de custar muito mais para fazer esses novos títulos. E eu acho que com o valor do que oferecemos aos consumidores, e o tipo de experiência que você só pode ter com esses consoles da próxima geração, esse preço se faz justificado. Mas isso é fácil de dizer quando o que você está entregando qualidade extraordinária e é isso que a nossa empresa se orgulha de fazer.”

No entanto, Zelnick garante que os preços estão sendo avaliados caso a caso dentro da Take-Two, o que deve significar que nem todos os jogos terão o mesmo custo. Além disso, ele afirma que não sabe se todas as empresas do ramo aumentarão o valor de seus games, afinal não há um alinhamento quanto à isso.

“Definitivamente, estamos anunciando preços, título por título […] E nós falamos apenas por nós mesmos. Obviamente, nós não falamos pela indústria e a indústria normalmente não se coordena sobre esses assuntos, para dizer o mínimo.”

O que você achou da justificativa de Zelnick? Acha justo pagar mais caro pelos jogos da próxima geração? Deixe sua opinião.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira