Capa da Publicação

Outra rede de cinemas entra no boicote contra filmes da Universal

Por Raphael Martins

A indústria do cinematográfica é uma das mais afetadas com a crise provocada pelo novo coronavírus. Com filmes adiados, cinemas fechados, distanciamento social e medidas para desencorajar aglomerações, muitos estúdios e cadeias de cinemas estão perdendo bilhões de dólares.

Veja também:

CEO da Cinemark não acredita que sucesso digital de Trolls 2 vai prejudicar os cinemas

Como o Coronavírus pode afetar o futuro do entretenimento?

Sony diz que seus jogos não serão adiados pela pandemia do Coronavírus

Sabendo disso, a Universal Pictures lançou o filme Trolls 2, uma de suas maiores promessas de sucesso, diretamente para o mercado de vídeo sob demanda, o que se mostrou um grande sucesso… mas desagradou redes de cinema nos Estados Unidos, que foram privados da estreia do filme e das potenciais arrecadações dele.

Esta semana, a rede Regal Cinemas se uniu à AMC Theatres e disse que não exibirá mais os filmes do estúdio em nenhuma de suas unidades, isso caso a Universal continue a ignorar janelas de lançamento e disponibilize seus filmes diretamente sob demanda.

Em um pronunciamento oficial, a Cineworld Group, empresa que detém a Regal e a AMC, disse:

“A política da Cineworld com respeito às janelas de lançamento é clara, bem conhecida na indústria e é parte de nosso acordo comercial com nossos fornecedores de filmes. Nós investimos pesado em nossos cinemas ao redor do mundo e isso permite que os estúdios de cinema forneçam a clientes de todo o planeta a possibilidade de assistir filmes com a melhor experiência. Não há argumentos de que a tela grande é a melhor maneira possível de se assistir a um filme.

 

A Universal unilateralmente escolheu quebrar nosso acordo e fez isso no alto da crise com o Covid-19, quando nosso negócio está fechado, mais de 35 mil empregados estão em casa e quando nós não temos uma data exata para reabrirmos nossos cinemas. O movimento da Universal é completamente inapropriado e certamente não tem nada a ver com práticas comerciais de boa fé, parceria e transparência.”

A Universal Pictures ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto.

Fique com nossa lista com alguns filmes que tiveram seu lançamento digital adiantado:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael