Capa da Publicação

Ray Fisher, o Ciborgue de Liga da Justiça, volta a falar sobre acusações a Joss Whedon

Por Raphael Martins

Há algumas semanas, o ator Ray Fisher, mais conhecido por ter vivido o Ciborgue em Liga da Justiça, fez sérias acusações contra Joss Whedon, que dirigiu o filme após o afastamento de Zack Snyder do projeto. Entre outras coisas, Fisher acusou o diretor de conduta tóxica contra os membros da produção do filme.

Veja mais sobre os filmes da DC:

Warner Bros. desenvolve filme reboot de Liga da Justiça inspirado em Renascimento, diz site

Zatanna pode ganhar filme solo, diz site

Zack Snyder revela mais uma mudança feita por Joss Whedon em Liga da Justiça

As acusações reverberaram na internet em pouco tempo, e outros profissionais da indústria, como Alan Tudyk (Rogue One: Uma História Star Wars) e Kevin Smith (Barrados no Shopping) também se manifestaram sobre o assunto. Agora, Ray Fisher voltou a comentar sobre isso.

Em uma sessão de perguntas e respostas com seus fãs no Instagram (via Heroic Hollywood), Fisher explicou por que não deu mais detalhes sobre sua experiência com Joss Whedon no set de Liga da Justiça:

“Eu ainda estou sob contrato e sob um acordo de não-divulgação. Então, eu tenho que ter muito cuidado com o que eu digo e como eu digo. Caso contrário, eu poderia ser processado até o esquecimento. Então, só um aviso. Para aqueles que estão procurando por coisas mais específicas, desculpem por não poder dar isso a vocês neste momento. Só tenham certeza de estarem preparados, para que possam lidar com a situação apropriadamente e para que não sejam profissionalmente responsáveis por qualquer coisa que possa ser litigiosa ou coisa assim. Isso vai levar algum tempo. Nós vamos terminar isso e vamos vencer. E eu poderei seguir em frente no mundo.”

Até o momento, Joss Whedon não se pronunciou publicamente sobre o assunto.

Ainda sobre Liga da Justiça, veja também 10 coisas que provavelmente veremos no Snyder Cut:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael