Capa da Publicação

Ideia de colocar herói dos filmes em Crise nas Infinitas Terras veio da própria Warner Bros.

Por Guilherme Souza

Atenção: Alerta de Spoilers!

Ontem, foi ao ar no canal CW a parte final do Crossover Crise nas Infinitas Terras e para a grande surpresa dos fãs, tivemos uma aparição do Flash de Ezra Miller interagindo com o Flash de Grant Gustin, criando assim a primeira conexão real entre os filmes e séries da DC.

Apesar de ser algo enorme, a aparição se manteve em sigilo até a exibição do episódio, o que é algo muito raro considerando os tempos em que vivemos. Em uma recente entrevista com a Entertainment Weekly, Marc Guggenheim, produtor das séries do Arrowverso, falou um pouco sobre como foi a realização dessa participação.

Em suas redes sociais, Guggenheim revelou que Jim Lee, Presidente da Divisão de Publicações da DC Entertainment, foi um dos grandes responsáveis pela aparição de Miller e durante a entrevista, ele detalhou melhor sobre como foi o processo de negociações com o pessoal da divisão de cinema da DC.

“Basicamente, eu estava trabalhando em conjunto com o Jim. A partir do momento que vimos que isso era uma possibilidade, quando soubemos que o Grant Gustin topou e que o Ezra também topava, eu enviei alguns rascunhos da cena para o Jim Lee e para o Adam Schlagman [Vice-presidente dos filmes da DC] e nós começamos o vai e vem. O mais complicado nessa cena é que nem eu e nem eles queriam que ela tivesse ligação com o filme de Flashpoint que eles estão desenvolvendo. Então, nós realmente trabalhamos em conjunto. O Jim foi ótimo em se certificar de que todos os envolvidos estivessem se comunicando, para que nada desse errado. Ele torceu quando precisamos de uma torcida e foi um diplomata quando precisamos de um. Ele realmente comprou a briga. O entusiasmo dele realmente ajudou a tornar isso possível.”

Por anos, a DC deixou bem claro que não queria misturar as coisas entre TV e cinema e ao falar sobre isso com a Variety, Guggenheim afirma que a ideia de incluir Miller no crossover partiu da própria Warner Bros:

“Nós éramos as séries atreladas ao ‘Arrow’ e nós permanecemos assim durante todo o crossover. Nós estávamos na pós-produção e alguns episódios foram encerrados e outros estavam quase prontos quando eu recebi uma ligação do chefe da Warner Bros., Peter Roth, dizendo ‘Eu sei que você está encerrando as coisas, mas você consegue colocar o Ezra no crossover?’ E eu disse, ‘Sim.’ E ele disse, ‘E quanto ao encerramento das suas séries? Você já encerrou o crossover.’ E eu disse, ‘É, eu sei, mas você está me dizendo que o Ezra Miller pode estar no crossover, eu posso fazer isso acontecer.’ Eu liguei para o Eric Wallace, que é o showrunner de Flash, e ele ligou para o Grant Gustin – pois nossa única preocupação era o pensamento de que a aparição de Ezra não poderia acontecer a menos que o Grant estivesse 100% de acordo com isso. E ele estava. Ele ficou incrivelmente entusiasmado com isso. Então nós ligamos para o Ezra Miller e falamos sobre a cena que eu havia escrito e ele aceitou imediatamente. Então nós fomos em frente. Nós colocamos uma unidade da equipe do Flash no set de Flash [ já que a equipe de Arrow que estava lá produzindo o episódio final já havia ido embora]. E para nossa surpresa, ninguém notou que o Ezra Miller estava em Vancouver e ninguém da equipe vazou a informação, o que é algo que nós agradecemos. Então nós conseguimos manter a surpresa. “

Felizmente, tudo deu certo e o crossover se mostrou um das melhores produções em live-action já feitas pela DC. Agora, nos resta aguardar por novas surpresas incríveis como esta.

Veja também:

Último episódio de Crise nas Infinitas Terras teve participação de personagem dos filmes da DC

Saiba o que mudou no Arrowverso após Crise nas Infinitas Terras

Stargirl tem um novo trailer divulgado

Fique com algumas imagens do capítulo final da Crise em nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'