Capa da Publicação

Pokémon: Mãe e filho são presos por vender produtos falsos da franquia

Por Evandro Lira

Mãe e filho foram presos por vender produtos falsificados de Pokémon em Tóquio, no Japão. Os acusados são um homem de 23 anos e sua mãe, de 49 anos.

De acordo com o site SoraNews24, a dupla estava importando da China jogos de cartas e tapetes de Pokémon desde meados de 2019 e vendendo através de lojas onlines no Japão. Mãe e filho dividiam a operação.

Enquanto ele era encarregado de comprar os produtos falsificados, ela cuidava do envio para os clientes. Eles pagaram cerca de 700 ienes (R$ 35,25) por cada produto e os revendiam por cerca de 3.000 ienes (R$ 151,00) cada. Ao que parece, a dupla faturou quase 20.000 dólares em menos de um ano graças ao esquema.

O relatório diz que os dois foram interrogados enquanto as evidências eram resgatadas em sua casa. Ambos admitiram a culpa, com o filho alegando que estava interessado em aumentar sua renda, e sua mãe argumentando que queria apenas ajudar o filho.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira