Capa da Publicação

Monster Hunter: Primeiras críticas do filme e nota no Rotten Tomatoes são divulgadas

Por Gabriel Mattos

Aos poucos a indústria cinematográfica vai se recuperando da crise instaurada pela pandemia de covid-19. Alguns filmes voltarão a ser lançados nos cinemas, entre eles Monster Hunter. O longa já foi assistido pela crítica americana e não impressionou muito.

Monster Hunter é uma adaptação da franquia de jogos japonesa de mesmo nome. Os games fizeram um sucesso estrondoso no Japão, mas foram estourar no ocidente apenas com sua edição mais recente — Monster Hunter World, para PlayStation 4, PC e Xbox One.

Sendo assim, o filme tinha um legado para honrar, mas parece de acordo com a crítica não foi o que aconteceu. Ele conseguiu acumular uma porcentagem de apenas 54% no site Rotten Tomatoes. Apenas 9 de um total de 17 críticas foram realmente positivas, mostrando que não há exatamente um consenso sobre a qualidade do longa.

Monster Hunter alcançou 53% de aprovação.

Peter Debruge, da revista Variety, procurou algo de bom sobre o que viu:

“Muito pouco de “Monster Hunter” faz sentido, mas (o filme) é visualmente interessante, pelo menos. E não é in-divertido de assistir de casa com um amigo, fazendo perguntas e tirando sarro enquanto assiste.”

Noe Murray, do Los Angeles Times, criticou a originalidade do longa:

“Sendo bem justo, tudo que o filme promete desde o início é monstros e caçadores e isso ele entrega da abertura até os créditos. Mas por tempo demais o título genérico acompanha uma ação genérica.”

David Ehrlich, do IndieWire, só conseguiu elogiar o esforço:

“Desde a ponta do Paul Giamatti como Rhino no final de “Espetacular Homem-Aranha 2″ que um filme tão ruim assim tentou tanto deixar a gente com gostinho de quero mais.”

Ignatiy Vishnevetsky, do AV Club, gostou da atuação de Milla Jovovich:

“Jovovich é a nossa clássica heroína de ação, capaz de bater de frente com os grandes nomes dos anos 80 quando o assunto é entregar diálogos clichês com uma expressão de aço.”

Barry Hertz, do Globe and Mail, gostou do que viu, mas foi direto ao ponto:

“Monster Hunter junta os tipos mais bestas de diversão.”

Monster Hunter estreia no Brasil em 14 de janeiro nos cinemas.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse