Capa da Publicação

Marvel comete grande erro com o Capitão América e Stan Lee

Por Gus Fiaux

Rob Liefeld se tornou uma entidade muito polêmica no mundo das revistas em quadrinhos. Nos últimos anos, o ilustrador criou controvérsias ao atacar vários de seus colegas de trabalho e tecer críticas duras à Marvel Comics – principalmente graças à nova fase dos X-Men nas HQs.

Agora, o desenhista volta a atacar a Casa das Ideias – e por incrível que pareça-, dessa vez ele está certo. O autor usou seu Twitter para criticar um erro encontrado em uma edição da minissérie Captain America: The End, que conta os “últimos dias” do Capitão América no Universo Marvel. 

Veja mais notícias das HQs da Marvel:

Marvel usa Deadpool para zoar o “sombrio e realista” da DC em nova HQ

HQ mostra que J. Jonah Jameson criou o clickbait na Marvel

Apocalipse disseca vilã da Marvel viva em nova HQ

A HQ aponta, em sua ficha técnica, que o Sentinela da Liberdade é uma criação de Stan Lee Jack Kirby, mas esse não é bem o caso. O herói foi criado por Joe Simon e Kirby em 1941. Liefeld diz que falar que Stan Lee é responsável pela criação do personagem é um desrespeito ao criador original.

“Ei, Marvel, eu asseguro vocês que Stan Lee não criou o Capitão América. Isso é horrível e é um desrespeito a Joe Simon e sua família. Se corrijam!”

A noção de que o Capitão América foi criado por Stan Lee é até comum entre muitos fãs, já que o autor foi responsável por transformar a editora no que conhecemos hoje. No entanto, o Sentinela da Liberdade surgiu em uma época em que a Marvel nem existia, e ainda era chamada de Timely Comics. 

Na galeria abaixo, fique com imagens de Major X, o último trabalho de Liefeld na Marvel:

Major X está à venda nas bancas norte-americanas, sem previsão de publicação no Brasil.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux