Capa da Publicação

Letitia Wright, a Shuri de Pantera Negra, presta homenagem a Chadwick Boseman

Por Gus Fiaux

Há poucos dias, tivemos a infeliz notícia de que Chadwick Boseman, o ator responsável por interpretar o Pantera Negra do Universo Cinematográfico da Marvel, faleceu aos quarenta e três anos de idade, em decorrência da luta contra o câncer de cólon. A notícia estremeceu Hollywood, com muitos atores e artistas se reunindo para prestar homenagens ao ator.

Agora, foi a vez de Letitia Wright postar seu tributo. A atriz é conhecida por viver Shuri, a irmã de T’Challa na saga da Marvel.

Em seu Instagram, a atriz compartilhou um vídeo homenageando Chadwick e seu trabalho, tanto dentro quanto fora das câmeras. Em sua declaração, Letitia fala sobre como sente falta do ator e como teve seu coração partido pela notícia. Ela ainda reitera que não fazia ideia da luta de Chadwick contra o câncer, elogiando toda a força de seu colega de elenco e amigo:

“É escrito que não há nada de novo sob o sol, mas o sol se manteve parado naquela manhã, recusando-se a brilhar. Nuvens sombrias espreitavam, a confusão se estabelecia. Lágrimas fluíam, rios fundos. Eu não sabia que estava acordando para isso. Meu irmão, meu anjo na terra, partiu. Uma alma tão linda que quando você entrava na sala, havia calmaria. Você se movia com graça e tranquilidade. Toda vez que eu te via, o mundo se tornava um lugar melhor. Palavras não podem descrever como eu me sinto, como todos nós nos sentimos, como perdê-lo mexeu conosco. Para aceitar isso como uma nova realidade. Eu queria ter podido dar adeus. Eu te mandei mensagem algumas vezes, mas achei que você estava ocupado. Eu não sabia que você estava lidando com tanta coisa. Contra tudo, você se manteve focado em cumprir seu propósito com o tempo que havia sido entregue a você. E eu nunca vou esquecer do dia que te conheci, antes de entrar em um avião em Los Angeles para minha primeira reunião com você, você me disse que seria meu irmão e me amaria como tal, e eu sempre amei e sempre amarei, mas agora meu coração está partido, procurando por velhas mensagens, cartas preenchidas com sua caligrafia e memórias de você segurando minha mão como se fosse pela eternidade. Eu achei que teríamos mais tempo e muitos anos por vir para mais risos e mais momentos meus te perturbando nos bastidores, apoiando minha cabeça no teu ombro na sala do trono enquanto Ryan [Coogler] nos dava recomendações. Eu achava que isso ia ser para sempre. Isso machuca. Eu acredito que Deus vai curar velhas feridas. E também é escrito que todas as coisas são transformadas em novas, que há luz na escuridão. Correntes de água viva fluem, dando uma nova vida. E agora, tudo que nos resta é permitir que as sementes que você plantou na terra possam crescer, florescer e se tornar ainda mais bonitas. Você é eterno no meu coração”.

A seguir, você pode ver o vídeo na íntegra, em inglês e sem legendas:

A declaração de Letitia é uma das mais sinceras, bonitas e devastadoras relacionadas ao falecimento de Chadwick Boseman. O ator deixou para trás um legado impressionante, fazendo do mundo um lugar melhor através de sua interpretação e da esperança que deu a milhões de pessoas. Seu trabalho jamais será esquecido, e o herói que ele representa continua vivo nos corações de muitos.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux