Capa da Publicação

Johnny Depp inicia julgamento de difamação e alega ter sido agredido por Amber Heard

·
Por Evandro Lira

Johnny Depp e sua ex-mulher, a atriz Amber Heard, estiveram presentes ontem (7) no Tribunal Real de Justiça em Londres para dar início ao julgamento de difamação promovido pelo ator. Segundo a Variety, Depp refutou as acusações de Heard e afirmou que ela era a agressora da relação.

Depp está processando o tabloide britânico The Sun por ter chamado o astro de “espancador de mulheres” com base nas acusações feitas por Heard. Antes de Depp testemunhar, seu advogado, David Sherborne, fez uma declaração de abertura sugerindo que foi a atriz de Aquaman quem iniciou brigas físicas e não o seu ex-marido.

Além de alegar que Heard era fisicamente abusiva e não ele, Depp também pintou uma imagem terrível de sua ex-esposa. Ele a descreveu como alguém de “personalidade calculada e diagnosticada, sociopata, narcisista e desonesta emocionalmente.”

Ele disse ainda:

“Agora eu estou convencido de que ela entrou na minha vida para tirar de mim qualquer coisa que valesse a pena levar e depois destruir o que restava dela.”

Segundo Johnny Depp, em 2015, durante uma viagem em um jato particular, Amber Head lhe deu vários socos na cara em meio a uma discussão. Ele conta que tentou se afastar dela, mas que foi seguido até o quarto do avião e que apanhou novamente da atriz.

O ator de Piratas do Caribe, interrogado pela advogada de defesa Sasha Wass, também admitiu ter consumido maconha, cocaína, LSD, ecstasy e cogumelos ao longo do seu casamento com Amber Heard. Quando foi exibido um vídeo de Depp destruindo móveis de sua casa, o ator disse que “não estava particularmente orgulhoso de si” mas que aquilo não provava que ele era um “monstro”.

Em um comunicado divulgado pouco antes do julgamento de ontem, no qual Amber Heard estava presente, a atriz alegou que tentara seguir sua vida normalmente depois que obteve uma ordem de restrição contra Depp, mas que agora, o ator a arrastava para o tribunal em um dos momentos mais angustiantes da sua vida.

O escândalo entre o casal vem sendo público desde 2016, depois que Amber Heard alegou ter sido agredida por Johnny Depp. Porém, ao que parece, a situação está longe de chegar ao fim, visto que Depp também processou Amber Heard por difamação nos Estados Unidos.

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira