Capa da Publicação

Hobbs & Shaw: Processo do produtor do filme contra a Universal é encerrado

Por Márcio Jangarélli

Hobbs & Shaw, o primeiro spin-off da franquia Velozes e Furiosos, foi um grande sucesso. No entanto, isso não impediu a produção de levantar algumas polêmicas. Um dos produtores do longa, Neal Moritz, estava processando o Universal Studios e, agora, a ação foi encerrada.

Moritz moveu uma ação legal contra a Universal depois de ser demitido pouco antes do início das filmagens de Hobbs & Shaw. Ele pedia uma compensação de milhões de dólares por prejuízos ou ser readmitido como produtor do longa. O processo estava correndo desde 2018.

Mas parece que tudo acabou bem. De acordo com o Deadline, o processo foi encerrado e as duas partes liberaram declarações sobre o assunto, chamando o caso de um “desentendimento em família”, confirmando que Moritz retomou seus trabalhos com o estúdio e a franquia.

De acordo com um porta-voz da Universal:

“Neal H. Moritz tem sido parte integral da família Velozes e Furiosos desde a criação da franquia, quase duas décadas atrás. O estúdio e Neal resolveram amigavelmente sua disputa e encerraram todas as reivindicações relacionadas ao spin-off de Velozes e Furiosos, Hobbs & Shaw. Nós estamos felizes de deixar essas questões no passado e focar no futuro da franquia”.

Já Moritz afirmou que:

“Velozes e Furiosos sempre foi sobre família e, infelizmente, nós tivemos um pequeno desacordo familiar. Estou feliz em retornar para minha família Universal e Velozes para continuar trabalhando nessa saga por vários filmes ainda. Eu aprecio o time de liderança da Universal ter trabalhado comigo e com meu advogado Howard Abramson para resolver isso de forma justa”.

Como dito nas declarações, Moritz trabalha na franquia há muito tempo, sendo um dos responsáveis por fazer o primeiro filme acontecer, inclusive.

Agora que a notícia acabou, confira nossa lista com os melhores momentos da franquia Velozes e Furiosos:

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.