Capa da Publicação

Fortnite: Epic Games sofre mais restrições após briga com a Apple

Por Evandro Lira

A Epic Games continua sofrendo as consequências de uma briga com a Apple iniciada na semana passada. Depois que a desenvolvedora criou um sistema de pagamentos internos para o game Fortnite, a Apple retirou o título de sua plataforma de aplicativos alegando quebra nos termos de uso – ação que o Google também tomou logo em seguida (via CB).

Agora, uma vez que a Epic entrou com uma ação contra a Apple, foi a vez da empresa da maçã revidar. Em um comunicado, a Apple anunciou que vai encerrar todas a ferramentas de desenvolvedor usadas pela Epic para integrar seu sistema gráfico, o Unreal Engine, aos aparelhos iOS e Mac.

A medida está sendo vista pela Epic Games como retaliatória, e no Twitter, a desenvolvedora compartilhou uma carta-manifesto direcionada ao Tribunal Distrital dos Estados Unidos.

Nela, a Epic alega que que as ações da Apple prejudicarão irreparavelmente a empresa e pede que a justiça americana impeça a Apple de ir em frente, já que o Unreal Engine não violou políticas da App Store.

Além do processo contra a Apple, a Epic Games também abriu um processo contra a Google após a remoção de Fortnite na Play Store dos aparelhos Android.

Até onde será que vai essa briga? Qual sua opinião sobre a treta? Comente!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira