Capa da Publicação

Filmes da Warner podem sofrer mais atrasos por conta da pandemia, diz empresário

Por Evandro Lira

Foi noticiado hoje que a Warner Media tem feito uma grande reestruturação dentro da empresa, o que inclui mudanças substanciais e grandes demissões. Falando em uma conferência transmitida pela web, o CFO John Stephens abordou o futuro de alguns dos títulos mais esperados do estúdio de cinema, e segundo ele é provável que público tenha que esperar mais um pouco para poder ter acesso a esses lançamentos.

De acordo com o THR, Stephens disse que a pandemia tem forçado a Warner a buscar novas maneiras de distribuir conteúdo. Ele chega a afirmar ainda que não tem certeza do que vai acontecer com suas próximas estreias, e isso inclui Mulher-Maravilha 1984 e Duna.

“Não tenho certeza para onde eles irão”, ele disse sugerindo possíveis “atrasos em alguns dos títulos”.

Mulher-Maravilha 1984 está com estreia marcada para outubro, enquanto Duna está previsto para dezembro. No entanto, essas datas correm o risco de cair por terra se os cinemas não voltarem ao normal até lá.

Vale lembrar que com a Disney colocando Mulan para compra em sua plataforma de streaming, existe uma possibilidade da Warner estar esperando para ver o resultado desta empreitada.

Pela primeira vez parece que os executivos da Warner demonstraram alguma incerteza sobre os futuros de seus lançamentos em 2020.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira