Dungeons & Dragons: Editora é processada após cancelar trilogia de livros, entenda

Capa da Publicação

Dungeons & Dragons: Editora é processada após cancelar trilogia de livros, entenda

Por Gabriel Mattos

Dungeons & Dragons é um dos universos compartilhados de fantasia mais populares, mas ele não foi o único a cair nas graças dos jogadores. Dragonlance foi outro famoso cenário dos anos 80 e suas escritoras decidiram processar a Wizards of the Coast, editora de D&D, por causa de livros cancelados.

Dragonlance surgiu como uma trilogia de crônicas centradas em um mundo de alta fantasia, para uma editora concorrente da Wizards of the Coast na época. O cenário, escrito por Margaret Weis e Tracy Hickman, logo substituiu Forgotten Realms em diversas mesas de Dungeons & Dragons.

O interesse do público no cenário fez a Wizards of the Coast comprar a editora para qual elas trabalhavam em 1997. Desde então, a produção de novos materiais de Dragonlance acontece por meio de acordos. No entanto, na última semana, as co-criadoras do cenário processaram a Wizards pela quebra de um desses acordos.

Segundo a dupla (Via CB), o acordo previa uma trilogia de livros, mas a empresa cancelou a publicação depois que o manuscrito de um deles já havia sido entregue. A Wizards of the Coast não informou seus motivos, mas o processo afirma que a quebra de contrato se deu devido a uma série de polêmicas que vieram a público envolvendo a empresa e suas contratações.

O processo especificamente critica Nic Kelman, responsável por supervisionar todas as histórias da empresa, incluindo as de Magic: The Gathering. Segundo o processo, há uma alegação de que uma história recente dele continha misoginia e pedofilia. Kelman teria assumido o trabalho de editor na trilogia de livros após a demissão de duas editoras.

Weis e Hickman pedem mais de 10 milhões de dólares pelos danos causados pela empresa.

Vocês já jogaram em Dragonlance? Comente!

Se você ficou animado para conhecer outros sistemas de RPG de mesa, confere nossa lista:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse