Capa da Publicação

Don Cheadle, o Máquina de Combate, comenta abordagens racistas que sofreu da polícia

Por Gus Fiaux

O mundo está testemunhando vários protestos e manifestações nos Estados Unidos, após a morte de George Floyd por brutalidade policial. Neste mês, a discussão racial está em alta no país, e vários atores e celebridades têm se manifestado sobre o assunto. Mais recentemente, Don Cheadle (o Máquina de Combate do Universo Cinematográfico da Marvel) falou um pouco sua experiência com o racismo policial norte-americano.

Abaixo, veja mais notícias envolvendo Don Cheadle:

Papel de Don Cheadle em Space Jam 2 pode ter sido revelado

Don Cheadle, o Máquina de Combate, fala sobre o futuro de seu personagem

Vingadores: Ultimato: Don Cheadle defende Brie Larson de ataques na internet

Cheadle participou do The Tonight Show with Jimmy Fallon, onde falou um pouco sobre sua experiência como um homem negro nos Estados Unidos. Ele disse que muitas pessoas negras possuem histórias envolvendo brutalidade e racismo policial, e compartilhou suas próprias histórias. Cheadle disse ter sido parado incontáveis vezes por agentes da polícia:

“Eu acho que muitas pessoas negras têm histórias de como seus pais os alertaram sobre como se comportar ao entrar em contato com a polícia, e as regras sobre como se certificar de chegar em casa seguro, o que você tem que fazer. Então, infelizmente, isso era algo que tínhamos que aprender muito cedo. Eu já fui parado [pela polícia] mais vezes do que posso contar… eu sempre me encaixo na descrição. Eu costumava finalizar as frases deles. Eles diziam: ‘Estamos parando você porque’ e eu dizia: ‘Porque eu me encaixo na descrição’.”

A seguir, ele mencionou o caso de Floyd. Ele disse que essa questão não é uma novidade para ninguém, e que ele mesmo já se viu entre a vida e a morte na mão da polícia. No entanto, esses atos violentos e cruéis não eram filmados, e agora muitos estão percebendo o quanto essas ações são descaradas:

“Isso é algo que já aconteceu comigo várias vezes. Eu tenho bons amigos que quase foram mortos pela polícia por nada. Isso não é algo novo pra mim, desde que esses vídeos começaram a sair. É algo que todos nós sabíamos que acontecia, elas só não eram filmadas. Eu já tive armas colocadas na minha cabeça”.

Desde o assassinato de Floyd, muito se fala sobre uma tentativa de dissolver a polícia nos Estados Unidos, e há inclusive um debate amplo sobre isso em Minnesota, a cidade onde aconteceu esse caso específico. É realmente triste e desolador ouvir falar desses crimes, e cabe a nós, como sociedade, agir para que o racismo não seja normalizado.

Abaixo, veja 10 filmes que falam da luta contra o racismo:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux