Capa da Publicação

Presidente da Disney divulga carta se comprometendo a lutar contra o racismo

Por Raphael Martins

Dezenas de cidades dos Estados Unidos continuam vendo ondas de protestos, engatilhados pela morte de George Floyd, um homem negro assassinado por um policial branco, mesmo após algemado e imobilizado. Conflitos raciais sempre foram uma constante triste na história do país, que agora vê isso causar seu maior levante popular em muitos anos.

Pouco depois, os protestos se espalharam por outras partes do mundo, e grandes empresas logo se posicionaram à favor da diversidade, e da inclusão e igualdade racial. Uma delas foi a Disney, que emitiu um comunicado oficial a todos os seus empregados.

Veja também:

Marvel, Disney, Warner Bros e DC Comics se posicionam contra o racismo

Lançar Mulan via streaming pode beneficiar Disney, diz analista

Kingdom Hearts ganhará série no Disney+, diz site

A carta, escrita por Bob Chapek, presidente da Disney, Bob Iger, vice-presidente sênios da empresa, e Latondra Newton, chefe do escritório de diversidade, foi postada no site oficial da Disney. Ela diz o seguinte:

“Prezado funcionário,

 

O recente assassinato de George Floyd, assim como outros casos de assédio e ataques letais contra cidadãos negros desarmados em nossa nação, continua a motivar protestos e chamados à ação por pessoas de todos os espectros culturais, incluindo muitos de nossos empregados. Sentimentos de tristeza e raiva nos levam a confrontar a ideia inescrutável de que as vidas de alguns tem menos valor – e são menos dignas de cuidado e proteção – que as vidas de outros.

 

Enquanto esses incidentes devastadores não são novos, há algo único sobre o que está acontecendo no momento. A pandemia, junto a essas recentes injustiças, escancararam os casos de disparidade social.

 

Nós também estamos lutando para entender as recentes tragédias que nos deixaram sobrecarregados de tristeza. Enquanto não temos todas as respostas, resolvemos usar nossa compaixão, nossas ideias criativas e nosso senso coletivo de humanidade para assegurar que estamos promovendo uma cultura que reconhece os sentimentos e a dor do nosso povo. Também compreendemos que agora, mais do que nunca, é hora de todos nós fortalecermos nosso comprometimento com a diversidade e a inclusão em todo lugar.

 

Pretendemos concentrar nossos esforços e recursos para conversar de forma compassiva e construtiva sobre esses assuntos de maneira aberta e honesta, à medida que procuramos soluções. Pretendemos manter a conversa em andamento, não apenas hoje, mas pelo tempo que for necessário para trazer mudanças reais.

 

Bob Chapek, Bob Iger e Latondra Newton”

Não deixe de conferir nossa lista abaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael