Capa da Publicação

Nova HQ da DC Comics apresenta arma capaz de matar o Superman

Por Raphael Martins

O Superman pode ser o herói mais poderoso do universo DC, mas nem mesmo ele é indestrutível. O homem de aço costuma enfrentar inimigos mais poderosos que ele próprio todo o tempo, além de não ter nenhuma defesa contra magia e enfraquecer na presença da kryptonita verde.

Veja também:

Alfred já derrotou o Superman nos quadrinhos da DC

Superman sofre as consequências de ter revelado sua identidade nas HQs, entenda

Guilherme Briggs pode não dublar Superman no Snydercut de Liga da Justiça

Existem muitos tipos de kryptonita, com cores, tamanhos e poderes diferentes, quase todas letais ao Superman. E o herói terá que experimentar todas elas de uma única vez, na forma de um poderoso raio de energia, em uma nova HQ.

Em Dark Nights: Death Metal #3 (via ScreenRant), que continuará a luta dos heróis da DC contra as ameaças vindas do Multiverso Sombrio, veremos os membros remanescentes da Liga da Justiça em uma missão para salvar o Superman, que está sendo mantido prisioneiro pelo Batman Darkseid, mas uma versão maligna do cavaleiro das trevas vinda de outro universo.

Em uma prévia da edição, vemos o vilão torturando o homem de aço com um canhão que dispara raios advindos de incontáveis kryptonitas recolhidas pelo multiverso afora, lhe causando extrema dor, quanto Batman Darkseid tenta convencê-lo a abraçar suas trevas interiores e se entregar a elas. Mas o maior herói do mundo ainda não deixou a esperança de lado e nem está pronto para desistir.

Será que a Mulher-Maravilha e os outros heróis da liga conseguirão invadir Nova Apokolips e resgatar o Superman antes que a Equação Anti-Vida tome conta de seu corpo de vez? Muito em breve, saberemos!

Não deixe de conferir nossa lista:

Dark Nights: Death Metal #3 chega ao mercado americano em 12 de agosto.

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael