David Ayer não se arrepende de ter dirigido Esquadrão Suicida

Capa da Publicação

David Ayer não se arrepende de ter dirigido Esquadrão Suicida

Por Gus Fiaux

Lançado em 2016, Esquadrão Suicida é um dos filmes mais controversos da DC Comics. Apesar da grande bilheteria, o filme foi alvo de críticas ferozes por parte da mídia especializada e do público. Agora, a Warner Bros. parece estar reconhecendo isso – tanto que o próximo filme da equipe, dirigido por James Gunn, servirá como um leve reboot da franquia.

Ainda assim, o diretor do original, David Ayer, não se sente arrependido e nem culpado pelo filme da equipe. Em seu Twitter, ele respondeu a um usuário que disse que ele “deveria pedir desculpas por ter comandado o filme”. Ayer então disse que se orgulha do filme e que reconhece todas as suas falhas:

“Jamais, meu amigo. Eu tenho orgulho do filme mesmo com todas as suas falhas. E, pelo visto, você não consegue parar de pensar no filme…”

Desde que o filme saiu, Ayer deixou bem claro que aquela era sua versão do projeto, mesmo com todas as mudanças propostas pela Warner Bros. – e com o passar dos anos, mesmo quando ele foi deixado de fora do Universo Estendido da DC, o cineasta ainda aprecia a equipe e diz estar ansioso para O Esquadrão Suicida de James Gunn.

Veja mais notícias sobre o Esquadrão Suicida dos cinemas:

Diretor de Esquadrão Suicida pede desculpas por ter insultado a Marvel

Diretor de Esquadrão Suicida disse que teve chance de dirigir a sequência

Revelado visual alternativo para Arlequina em Esquadrão Suicida

Na galeria abaixo, confira algumas imagens e artes conceituais do filme:

Esquadrão Suicida está disponível em DVD, Blu-Ray e mídias digitais.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux