Convenção das Bruxas: Warner Bros. pede desculpas após ofender pessoas com deficiência

Capa da Publicação

Convenção das Bruxas: Warner Bros. pede desculpas após ofender pessoas com deficiência

Por Gabriel Mattos

A nova versão de Convenção das Bruxas acabou ofendendo diversas pessoas com deficiência devido a caracterização de algumas bruxas. Em um comunicado (via Variety), a Warner pediu desculpas.

No novo filme, Anne Hathaway interpreta a grande vilã da trama conhecida como a Grande Bruxa. No original, rugas exageradas e uma aparência bastante cartunesca foram utilizadas para marcar a natureza monstruosa da personagem. No entanto, a nova versão, coloca a vilã com alguns dedos faltando de maneira similar a pessoas com ectrodactilia, uma rara doença de má formação dos membros.

Militantes da causa afirmam o jeito que a personagem é construída pode reforçar estereótipos negativos. Uma delas foi a atleta paraolímpica Amy Marren, que publicou em seu Twitter oficial uma declaração expressando seu profundo desapontamento com o filme.

“Sim, eu tenho noção que é só um filme e que são bruxas. Mas bruxas são essencialmente monstros. Meu medo é que crianças assistam esse filme sem saber que esta representação é absurdamente exagerada e que elas cresçam com medo de quem tem membros diferentes.”

O post foi compartilhado pela conta oficial dos Jogos Paraolímpicos e chegou até os ouvidos da própria Warner Bros..

Uma representante do estúdio soltou um comunicado explicando que o visual pretendia ser mais fiel ao livro:

“Ao adaptar a história original, nos trabalhamos com designers e artistas para chegar à novas interpretações das garras gatunas descritas no livro. Nunca foi a intenção que o público sentisse que essas criaturas fantásticas e não-humanas foram feitas para representá-los. Convenção das Bruxas é sobre o poder da gentileza e amizade. Esperamos que as famílias consigam aproveitar as mensagens positivas do filme.”

Convenção das Bruxas estreia dia 19 de novembro nos cinemas brasileiros.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse