China ultrapassa bilheteria dos Estados Unidos pela primeira vez na história

Capa da Publicação

China ultrapassa bilheteria dos Estados Unidos pela primeira vez na história

Por Evandro Lira

As vendas de ingressos de cinema na China ultrapassaram as dos Estados Unidos pela primeira vez na história, de acordo com especialistas da indústria cinematográfica (via The Washington Post).

A novidade se deve em partes pela crise do coronavírus, que abalou a China no início de 2020 mas que hoje segue sob controle no país asiático. Mas engana-se quem acha que esse fator foi essencial para o novo recorde da China.

Antes mesmo da pandemia, previsões já estipulavam que o país mais populoso do mundo ultrapassaria a América do Norte em vendas de ingresso, à medida que novas salas de cinemas continuam surgindo em todo o país.

A Lighthouse, empresa que calcula as receitas de bilheteria da China, afirma que o país atingiu a marca de US $ 2,02 bilhões, sendo mais que o total de US $ 1,94 bilhão divulgado pelo Box Office Mojo nos EUA.

“Esta é a primeira vez na história que isso acontece. O que é ainda mais digno de orgulho é que 85% desses filmes são produzidos internamente. Faça filmes chineses!”, disse a Lighthouse.

O filme que mais arrecadou mundialmente até agora foi o título chinês The Eight Hundred, com 460 milhões de dólares. O longa segue na frente de produções americanas como Bad Boys Para Sempre, Tenet e Sonic: O Filme.

Atualmente, os Estados Unidos estão sofrendo uma nova onda de casos de COVID-19, o que tem atrapalhado a reabertura dos cinemas nas principais cidades do país. Na China, por sua vez, os cinemas começaram a reabrir em julho.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira