Capa da Publicação

Boku no Hero Academia: Novo capítulo do mangá traz encontro muito aguardado

Por Márcio Jangarélli

Seguindo um capítulo violento, a última edição do mangá de My Hero Academia tirou um tempinho para mostrar algumas reuniões inéditas na história.

Nessa semana, Boku no Hero Academia foi sobre laços de família. Na dimensão do One For All, tivemos a reunião de Shigaraki Tomura e sua falecida avó, Nana Shimura, além dos irmãos All For One e One For All.

O capítulo 287 continua exatamente de onde a história tinha parado: o Midoriya é levado para a dimensão do One For All para tentar impedir que a individualidade lhe seja roubada. Lá ele encontra Shigaraki Tomura sendo controlado pelo All For One e recebe a ajuda de Nana Shimura, a mestra do All Might, sétima portadora do One For All e avó do Tomura.

A história começa com uma troca de insultos violenta entre All For One e Nana Shimura. O vilão também foi o responsável pela morte da heroína, muitos anos antes do momento atual. Ele, então, fala para o Tomura que aquela é sua avó e os dois se reconhecem, mas essa não é uma reunião muito bonita.

Tomura não deixa nem mesmo a avó falar. Ele diz que é para ela ficar tranquila, pois, além de saber quem ela é, a odeia muito. Lançando um ataque contra Nana e Midoriya, o lado dos heróis só escapa com a chegada de mais uma pessoa: o portador original do One For All e irmão do All For One.

O “Primeiro”, como o Midoriya o chama, surge para ajudar a repelir os vilões e essa é a primeira vez que vemos uma interação entre One For All e All For One sem ser em lembranças. E o diálogo raivoso entre os dois revela mais que apenas o desprezo do vilão pelo Izuku.

No início da conversa, o Primeiro pergunta se essa é a “próxima vítima” do seu irmão, se referindo ao Tomura. Isso pode indicar os experimentos e transferências de poder que o AFO fez com seu pupilo, algo como um “novo peão” do Símbolo do Medo, ou algo a mais. Algumas teorias sugerem que essa conversa sugere que o AFO já teve que passar por outros hospedeiros além do Tomura.

Além disso, a conversa mostra que o All For One queria não só One For All, mas seu irmão para concretizar seus planos. “A culpa é sua por não se juntar a mim”, disse o vilão. E enfim confirmou que o poder do One For All escolheu o Izuku e dificilmente será roubado do rapaz. Essa passagem também explica porque a individualidade retorna para o Midoriya depois dos eventos no filme “Ascensão dos Heróis”.

Enfim, não foi dessa vez que o One For All foi roubado. E, mesmo em um estado muito mais que crítico, Shigaraki Tomura ainda está vivo. A batalha agora deve mudar de foco e veremos como os heróis lidarão com a Liga dos Vilões e o Gigantomachia.

Veja abaixo o encontro entre Nana Shimura, o Primeiro e o All For One:

Fonte: Gravity Scans / Manga Livre

E aí, o que você achou desse capítulo? Não esqueça de comentar!

Já terminou a leitura? Veja nossa lista com tudo que você precisa saber sobre o One For All:

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.