Capa da Publicação

Truque inusitado do Batmóvel é revelado em nova HQ

Por Matheus Takahashi

Em seu arco mais recente, Curse of the White Knight (Maldição do Cavaleiro Branco, em tradução livre), o Batmóvel tem tido vários momentos interessantes. Porém, outro conhecido veículo do Batman acaba roubando a cena na edição mais recente da série, recém publicada nos EUA. 

Saiba mais sobre o Batman:

Nova HQ do Batman mostra que vilão conhece sua identidade secreta

Batman que Ri se alia com deusa em nova HQ

Dark Nights: Death Metal apresenta Tiranossauro Batman, confira

Em Batman: Curse of the White Knight #8, o vilão Azrael planeja destruir uma represa para afundar Gotham City embaixo d’água, e o Batman, em seu Batmóvel, se desloca para evitar essa tragédia. Contudo, ele utiliza um grande recurso de seu veículo para transformá-lo no Batbarco.

Tendo sua primeira aparição nos quadrinhos em Detective Comics #110, de 1946, o Batboat (Batbarco ou Bat-lancha) foi um presente da Scotland Yard para que Batman e Robin pudessem perseguir o vilão Moriarty. O veículo teve seus momentos no clássico seriado de TV dos anos 60, estrelado por Adam West, e voltou a fazer aparições em outras versões live-action e desenhos animados durante os anos 90.

Mesmo sem ser tão conhecido, o roteirista Sean Murphy dá ao Batboat seu melhor momento em mais de 70 anos. Ao se aproximar da represa, prestes a ser destruída por Azrael, o Batman aperta o botão no painel que faz o Batmóvel se transformar, em pleno ar, no veículo aquático.

Batman consegue impedir o helicóptero de Azrael de chegar à superfície d’água, e ele o desafia para um duelo de espadas, sabendo que não teria como vencê-lo em uma luta comum – o vilão tinha uma armadura super-resistente. Ele inclusive estava determinado a quebrar seu código moral de não matar, pois ele estava decidido em acabar com o caos que o vilão estava causando em Gotham.

E eis que o Batbarco entra em ação novamente. Sem conseguir dar o golpe final em Azrael, por conta da armadura do vilão, o Batman acaba sendo capaz de prender seu adversário pelo capacete, usando os escudos do seu veículo para isso. Assim, ele força Azrael a tirar o capacete para continuar lutando. No final, o Cavaleiro das Trevas pôs um fim ao conflito, matando Azrael.

Apesar de não ser o mais memorável dos vários veículos que o Batman tem na garagem, o Batbarco acabou tendo seu grande momento, principalmente por ter sido uma peça importante em um dos momentos mais cruciais na história do Batman, ao matar um de seus inúmeros vilões de sua extensa galeria.

A transformação do Batmóvel para o Batboat pode ser conferida abaixo:

 

Veja também :

Imagem de perfil
sobre o autor Matheus Takahashi

Geógrafo. Amante da cultura geek/nerd, mas ama mesmo super-heróis, jogos de luta e futebol. Conversa fácil sobre (quase) qualquer coisa

IG: t1takahashi TT: takamatheus