Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Roteiristas revelam o motivo de Chris Evans ter se incomodado com o traje original do Capitão América!

Por Guilherme Souza

Atenção: Alerta de Spoilers!

Se você já assistiu Vingadores: Ultimato, sabe que temos um momento onde Tony Stark e Steve Rogers voltam para o ano de 2012 e encontram suas versões passadas durante os eventos do primeiro filme dos Vingadores.

Durante a cena, vemos Tony Stark satirizando o traje usado pelo Capitão América na época, algo que é reforçado pelo próprio Capitão quando as versões do passado e do futuro se encontram. Em uma recente entrevista, os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely revelaram o motivo de terem incluído os diálogos sobre o traje no filme e que essa era uma referência aos comentários feitos pelo próprio Chris Evans no passado.

“É uma pequena metalinguagem,” explica McFeely. “Chris Evans nunca estve confortável com aquele traje no primeiro filme dos Vingadores. Então quando ele tem a chance de olhar para o passado, é uma pequena maneira de mostrar como era e como é agora. E isso meio que foi construído a partir daí. No momento que vamos para a cena de luta onde ele derrota a si mesmo, a bunda dele está no chão e ele consegue fazer uma reflexão sobre isso.”

Markus também explica as coisas que Evans realmente não gostava no traje:

“Eu acho que é a cor, mas as orelhas dele também ficavam cobertas naquela roupa. Quando ele coloca o capacete, ele ficava parecendo a princesa Leia e isso arruinava o visual. Você não pensaria normalmente que uma orelha é uma parte importante de um traje, mas elas balanceiam tudo de uma maneira que quando você olha, você parece um mané.”

Embora o traje usado pelo Capitão no primeiro filme da equipe seja uma referência ao traje original do personagem, muitos fãs concordam que aquela não é a melhor versão da vestimenta nos cinemas, assim como dito pelo ator.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Vingadores: Ultimato já está em cartaz nos cinemas.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'