Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Roteiristas do filme explicam os finais dados ao Capitão América e ao Homem de Ferro!

Por Raphael Martins

Atenção: Alerta de Spoilers!

Em Vingadores: Ultimato, acompanhamos as aventuras dos maiores heróis da Terra através do tempo, viajando no reino quântico para momentos decisivos do MCU com o objetivo de recuperarem as joias do infinito e desfazerem as ações de Thanos.

Com sua missão finalmente concluída, alguns desses heróis penduraram os uniformes e viram sua jornada chegar ao fim, embora nem todos eles tenham permanecido vivos para contar sua história. Entre os personagens que sobreviveram, está o Capitão América.

No final do longa, ele toma para si a missão de viajar mais uma vez pelo tempo e devolver as joias do infinito, já que elas são essenciais para o funcionamento do universo como o conhecemos e a falta de uma delas poderia criar linhas do tempo alternativas. E é essa parte que fez com que algumas pessoas ficassem com a pulga atrás da orelha.

Isso poderia significar que haveriam dois capitães, e que enquanto um viveria em paz, o outro salvaria o dia? Para Christopher Markus, um dos roteiristas do filme, não é bem assim que a coisa funciona. Em uma entrevista recente ao site Fandango, ele explica:

“Eis nossa teoria. Não somos especialistas em viagem no tempo, mas a Anciã diz especificamente que quando você remove uma joia do infinito de seu lugar na linha do tempo, uma nova linha do tempo é criada. Então Steve voltar e simplesmente estar lá não cria uma linha temporal nova. Então eu rejeito essa teoria de que Steve está em uma realidade alternativa.

 

Eu acredito que há simplesmente um período na história do mundo entre 1948 e agora onde há dois Steve Rogers. E de qualquer modo, por muito tempo, um deles está congelado. Então não é como se eles fossem encontrar um ao outro.”

Eles também foram perguntados se o Falcão agora é realmente o novo Capitão América, já que no fim do filme, Sam Wilson recebe o escudo das mãos de Steve Rogers, o que eles responderam positivamente. “Até onde nós sabemos, sim,” disse McFeely.

Quanto ao Homem de Ferro, que sacrifica a própria vida para apagar Thanos e seu exército da existência usando ele mesmo as joias do infinito, os roteiristas foram perguntados se algum outro personagem do MCU dotado de uma armadura poderia tomar seu lugar.

Eles dizem que “Há muitas pessoas com armaduras que sobreviveram”, mas que eles não sabem os planos da Marvel sobre isso e que não há nenhum roteiro para um “adolescente de ferro” escrito.

Fique agora com vários cartazes do filme na nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael