Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Produtora fala sobre como foi decidido quem morre no filme!

Por Evandro Lira

Que Vingadores: Ultimato vai ser o filme mais emocional da Marvel, não há dúvidas. Os fãs já estão se preparando para se despedir de alguns personagens que marcaram a franquia ao longos desses 10 anos. E enquanto tem muita gente preocupado sobre quais personagens podem morrer no filme, a produtora Trinh Tran garante que nenhuma decisão como essa foi tomada de forma leviana.

Em entrevista ao Comic Book, Tran se abriu sobre os bastidores do filme e o processo criativo por trás da escolha de quem vai morrer ao longo das três horas de duração. E ela foi bastante cuidadosa para não revelar nenhum spoiler.

“Olha, tudo começa só de estar na sala com os irmãos Russo e [Christopher] Markus e [Stephen] McFeely”, explicou Tran. “Nós começamos há quatro anos quando estávamos terminando de filmar Guerra Civil. Nós voltamos e estávamos planejando ambos os filmes [Guerra Infinita e Ultimato] e você vai jogando todos os cards de personagens, e nisso a gente já vai tendo um brainstorming, tentando descobrir ‘Qual é a melhor história para contar a partir deles?'”

Tran continuou explicando que eles também pensam na satisfação do público na hora de planejar a história e consequentemente essas mortes.

“Qual é o melhor arco para todos os personagens neste pôster?” Tran disse apontando para um cartaz do filme. “E como podemos fazer isso de uma maneira em que também encerremos um capítulo, a fase 3? Qual é a coisa mais empolgante para o público ver? Audiências que investiram os últimos 10 anos, desde o Homem de Ferro. O que vai ser mais satisfatório? Então, foi pensando nisso que seguimos uma direção.”

Vingadores: Ultimato promete ser o encerramento da Saga do Infinito e deve levar o Universo Cinematográfico da Marvel a outra direção. Quando perguntada se nesse filme há indício do que poderemos ver no futuro, Tran foi bem curta: “Talvez”.

Além disso, a produtora contou sobre o processo exaustivo de produzir dois grandes filmes como Guerra Infinita e Ultimato ao mesmo tempo.

“Olha, foi uma das melhores experiências que eu acho que todos nós já nos deparamos, mas foi um processo muito cansativo, porque exigia muito fisicamente, emocionalmente, mentalmente, tudo para finalizar em um ano. Quer dizer, geralmente essas filmagens duram apenas alguns meses, mas ficar 12 horas, ou seja lá quantas horas estávamos filmando todo dia, só para concluir esses dois filmes, foi muito louco.”

Apesar de terem sido filmados um atrás do outro, Trinh Tran afirma que os filmes são muito diferentes.

“O que posso dizer é que, obviamente, como você sabe, queríamos contar Guerra Infinita através do ponto de vista de Thanos”, disse Tran. “Então, essa é a grande diferença, ali fizemos a jornada dele. Era a ‘jornada do herói’ do Thanos. Então, aquele filme em particular, foi contado através de seu ponto de vista, enquanto esse não.”

Não dá pra não concordar com Tran, visto que o nível de produção que esses dois filmes exigiram foi realmente gigantesco. E o resultado da segunda parcela dessa história, a gente confere daqui a pouco mais de duas semanas!

No nosso espaço de comentários, aposte: quem será que vai morrer em Vingadores: Ultimato?

Confira alguns cartazes do filme na nossa galeria:

Vingadores: Ultimato chega aos cinemas no dia 25 de abril.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira