Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Diretor de Ultimato se defende após acusações com citação falsa sobre Tony Stark!

Por Evandro Lira

Um dos diretores de Vingadores: Ultimato, Joe Russo, foi ao Twitter para esclarecer a história por trás de uma entrevista que vem circulando na internet. Nela, Russo supostamente teria revelado que sempre quis matar o Homem de Ferro pois não gostava do personagem, especialmente depois que Tony diz a icônica frase “bilionário, playboy e filantrópico” no primeiro filme dos Vingadores. No entanto, Joe explica: tudo não passa de uma “fake news”.

Na rede social, o cineasta chama a citação atribuída a ele de “mentira falsa e ridícula”, mas ainda deixa brecha para os fãs discutirem.

Confira:

“Para esclarecer, esta citação é completamente falsa. É uma mentira óbvia e absolutamente ridícula. Eu na verdade queria Tony morto em Guerra Civil…”

Confira uma tradução da hilária fake news:

“Serei honesto. Quando ouvi Tony Stark dizer ‘bilionário, playboy, filantropo’ no primeiro Vingadores, decidi ali mesmo que ele seria a grande perda de Ultimato. Sei que ele é amado por muitos, mas não é amado por mim. Ele precisa morrer.” 

Aparentemente, a morte de Tony Stark ainda é um assunto delicado para muitos fãs. Depois que a citação falsa se espalhou, o diretor passou a ser alvo de ataques e piadas nas redes sociais. E agora que o verdadeiro Joe Russo revelou sua vontade de matar Stark em Capitão América: Guerra Civil, diversos fãs estão brincando com a situação no Twitter. Resta saber se Joe estava realmente falando sério ou se tudo não passa de uma piada…

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira