Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Diretor diz que vazamentos por brinquedos “geralmente não estão corretos”!

Por Guilherme Souza

Até o momento, o marketing de Vingadores: Ultimato tem se mostrado bem escasso, contudo, é compreensível que a Marvel esteja sendo cautelosa dada a quantidade de revelações que o filme deve conter. Mesmo com pouco marketing oficial, diversas imagens de brinquedos inspirados pelo filme têm circulado pela internet, revelando possíveis spoilers do longa.

Ultimamente, tem se tornado comum que brinquedos revelem grandes segredos dos filmes, mas segundo o diretor Joe Russo, é divertido ver essas imagens dos brinquedos sendo divulgadas, já que, muitas vezes, elas levam os fãs para uma direção totalmente oposta do que acontecerá no filme.

“Eu dou muita risada quando esses brinquedos aparecem porque eu fico tipo, bem, isso é ótimo, porque isso está incorreto [risos]. Porque não tem nada a ver com o filme.”

O diretor elogia as equipes de efeitos visuais da Marvel e afirma que o código de conduta exemplar de todas elas fazem com que os segredos do filme sejam preservados até o lançamento.

“Francamente, a natureza básica da narrativa está presa dentro dos cérebros e computadores de todos os grandes indivíduos trabalhando nas casas de efeitos especiais do filme,” diz Russo.

 

“Isso é um material muito mais sensível e a prova disso é que existe um código de ética, e muitas informações confidenciais – ao menos nos quatro filmes que trabalhamos – todos passaram por essas empresas e nada nunca vazou.”

No passado, vimos brinquedos errando previsões do filme, tais como o visual  da Hulkbuster sendo destruída pelo Hulk, o que fez muita gente pensar que o Verdão finalmente se juntaria a batalha quando as coisas apertassem em Wakanda, algo que definitivamente não foi o caso. Sendo assim, resta esperarmos para descobrir se os brinquedos realmente vazaram algo ou não.

Fique com imagens de Vingadores: Ultimato em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'