Capa da Publicação

Vingadores: Ultimato – Chris Evans, o Capitão América, fala sobre o lado humano de Thanos!

Por Evandro Lira

Vingadores: Ultimato veio para concluir a épica Saga do Infinito do Universo Cinematográfico da Marvel, e entre tantos vilões apresentados ao longo desses anos, nenhum foi como Thanos.

O personagem interpretado por Josh Brolin foi um dos aspectos mais elogiados dos dois últimos filmes dos Vingadores, que o colocou no patamar de um dos melhores vilões, não só da Marvel, mas do cinema. Foi sobre isso que o ator Chris Evans, o nosso Capitão América, abordou em uma nova entrevista:

“É fácil, quando o vilão é tão claramente mau, odiá-lo. A Marvel Studios fez essa coisa estranha com Thanos, onde eles lhe deram um ponto de vista lógico, na minha opinião. Ele é uma espécie de misantropo mascarado ou um tipo de coisa encoberta por uma lógica binária sobre o bem maior.”

Para Evans, o ator Josh Brolin foi um grande responsável por destacar esse lado humano de Thanos, e ele acrescenta:

“Thanos não é apenas esse cara malvado. Ele acha que está fazendo uma coisa boa, o que o torna simpático em algum grau. [Josh] Brolin realmente lhe dá um jeito humano, então você não vê um monstro ou um vilão. Você vê uma pessoa que acha que está fazendo algo bom.”

Thanos conseguiu concluir seu plano de longo prazo em Vingadores: Guerra Infinita, quando reuniu todas as seis Jóias do Infinito. Mas em Vingadores: Ultimato, os heróis partem para um contra-ataque a fim de reverter todo o estrago causado pelo vilão, que havia dizimado metade da vida do universo, incluindo vários dos super-heróis.

Na galeria a seguir, fique com cartazes do filme:

Vingadores: Ultimato está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Comic Book

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira