Vidro – Diretor fala sobre o final controverso do filme!

Capa da Publicação

Vidro – Diretor fala sobre o final controverso do filme!

Por Lucas Rafael

Atenção: Alerta de Spoilers!

Vidro, novo filme do controverso diretor M. Night Shyamalan, está finalmente entre nós. O longa serve como uma conclusão para a trilogia formada por Corpo Fechado (2000) e Fragmentado (2016). Tendo conquistado muitos fãs com dois ótimos filmes que subvertem o cinema de super-herói, Shyamalan destruiu expectativas mais uma vez ao entregar Vidro este ano. O filme conclui a trilogia heroica do diretor de uma maneira que alguns gostaram, muitos odiaram. Agora, Shyamalan falou sobre o desfecho polarizador.

O terceiro ato de Vidro mostra todo o trio de protagonistas morrendo de formas um tanto banais. O poderoso David Dunn (Bruce Willis) é afogado em uma poça de água, Kevin Wendell Crumb (James McAvoy) é baleado por um soldado membro de uma organização secreta que visa manter heróis e vilões em segredo, enquanto Sr.Vidro (Samuel L. Jackson) agoniza após apanhar da Besta. Sem falar que o filme apresenta 3 plot twists (viradas de enredo) numa janela de 15 minutos. Segundo Shyamalan, a intenção foi mesmo trazer aquele final, e era exatamente o que ele tinha em mente durante as filmagens de Corpo Fechado, 19 anos atrás.

“Eu já tinha pensado nesse final. Não sabia se teria coragem de executá-lo. Mas executei. Aquilo estava na minha cabeça e eu meio que disse, ‘Talvez poderíamos fazer isso no filme’ e dei uma risada sobre isso. Você pode fazer isso? Não sabia se eu teria a força para ir em frente e fazer isso, mas estou feliz que fiz. Conclusão é importante para mim, como narrador, um contador de histórias. Como chegamos em um final definitivo de maneira que você entende que alguém teve algo específico para dizer e então não continuar. Sempre esteve na minha mente como fazer isso. Obviamente, nunca fiz uma sequência antes e eu queria ter certeza que era pelos motivos certos, dos personagens em si e daquele mundo e preservar um certo nível de pureza nisso. Acho que a vida destes três filmes aumenta dramaticamente por causa disso.”

Sobre as exibições teste do filme, Shyamalan revelou que foram surpreendentemente boas:

“As exibições teste foram realmente malucas. Nós as fizemos e foram loucas já que a audiência simplesmente foi na nossa onda. Não ficaram polarizados de qualquer maneira por nada que mencionamos… Foi um dos meus filmes mais bem avaliados de todos os tempos em audiências teste. Esse negócio do qual estamos falando, o final, foi refrescante para eles. Que estávamos fazendo o oposto de tudo. Foi realmente contido e foi diferente e provocativo.”

Quando questionado sobre a resposta da crítica para Vidro (que anda bem negativa) Shyamalan ficou arisco:

“Definitivamente não quero comentar sobre isso. Não está no meu alcance. Quanto menos energia eu gastar nessa arena melhor. Toda essa energia deve ir para fazer os melhores filmes que posso fazer para a audiência. Realmente forçar o cinema para contar histórias acessíveis. É o balanço que tento estudar e aprender através dos anos.”

Você já viu Vidro? O que achou do filme? Comente!

Confira abaixo a nossa galeria sobre Vidro:

Vidro chega aos cinemas em 17 de janeiro de 2019.

Via: CBM

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais