Capa da Publicação

Steve Rogers abandona o nome de Capitão América de novo!

Por Guilherme Souza

Atenção: Alerta de Spoilers!

Mais uma vez, Steve Rogers abandona o manto e a identidade de Capitão América, mas desta vez, o herói passa a assumir a identidade de um prisioneiro.

Na sétima edição da revista solo do Capitão América, vemos Steve Rogers sendo preso pelo assassinato de Thaddeus ‘Thunderbolt’ Ross, um evento que aconteceu na edição anterior. No início da revista, vemos Selene se encontrando com o Barão von Strucker em uma prisão privativa para aprimorados fisicamente, onde questiona o Barão se a prisão poderá conter Steve.

O Barão lhe assegura que as celas segurarão Rogers o bastante para que ela tenha seus trabalhos reconhecidos por Alexa Lukin, chefe do culto Power Elite.

Ao longo da edição, vemos o que motivou Steve a se entregar e chegar à conclusão de que era a hora de deixar para trás sua identidade de Capitão América.

Durante uma conversa com Sharon CarterBernadette ‘Bernie’ Rosenthal, Rogers sente que desgraçou o escudo ao ter assassinado Ross.

Sharon afirma que não existe nenhuma evidência de que Rogers realmente matou Ross, mas Bernie afirma que Ross morreu com suas costas voltadas para a janela e que sua coluna estava quase partida ao meio

“O golpe foi dado com uma quantidade incrível de força vinda de um objeto em forma de disco,” diz Bernie apontando para o escudo do Capitão América como a suposta arma do crime.

Bernie sugere que Steve se entregue às autoridades, mas Sharon é contra. Enquanto isso, Bucky tenta encontrar o verdadeiro assassino de Ross, mas não tem muito sucesso em sua busca. No decorrer da conversa, Steve chega à conclusão de que sempre está decepcionando seu governo, seja como a Face de liderança da HYDRA ou se opondo ao registro de super-humanos.

“Como eu posso afirmar que sirvo meu país quando constantemente me oponho a ele?” pergunta Steve. “Por quanto tempo eu posso continuar carregando esse escudo e lutando pelo governo que o confiou a mim?”

 

“Você não serve a nenhum ‘governo’, Steve. Você serve um país,” diz Sharon. “E um país precisa de ideais. Precisa de sonhos.”

 

Steve então responde, “E quais são os conteúdos desses sonhos? Liberdade. Democracia. O direito de escolha das pessoas.”

Mesmo contra a vontade de Sharon, Steve acaba se entregando às autoridades, deixando seu escudo com ela. Enquanto Rogers adentra a prisão, vemos Sharon entrando em instalações subterrâneas, até que entra em um laboratório.

“Aeternum , irmãs. Novamente a Dríade nos chama”, diz ela. “Novamente a serpente antiga se ergue.”

Um portal se abre no centro da sala.

A Mulher Invisível, Tigresa, Harpia, Dra. Annabelle Riggs e a Mulher-Aranha de Jessica Drew Spider-Woman aparecem na escuridão.

“E as Filhas da Liberdade se levantam para encontrá-la,” diz Drew, “prontas para a revolução.”

Ao que parece, a prisão de Steve foi só o primeiro passo para um evento ainda maior, mas será que o fato de Sharon ter ficado com o escudo dele indica que ela poderá assumir o manto de Capitã América em breve?

Fique com imagens da revista solo do Capitão América em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'