Capa da Publicação

Shazam! – Zachary Levi fala sobre a morte do seu personagem na Marvel!

Por Raphael Martins

Zachary Levi não é um novato quando se trata de filmes de super-heróis. Antes de viver o herói principal em Shazam!, ele fez um teste de elenco para o papel de Peter Quill em Guardiões da Galáxia, mas acabou por conseguir o papel de Fandral, um dos três guerreiros de Asgard, em Thor: O Mundo Sombrio e Thor: Ragnarok.

Mas, infelizmente, o herói não durou muito. Além de mal aparecer no segundo filme do Deus do Trovão, ele tem um papel ainda menor no terceiro, onde morre após pouquíssimo tempo de tela. Tanto os fãs tanto dos personagens quanto do ator acham que ele merecia algo melhor do que isso.

O ator, no entanto, prefere pensar no lado positivo da morte de Fandral. Em uma entrevista, ele reflete sobre sua curta passagem pelo universo Marvel, onde diz:

“Quando eu fui escalado como Fandral no primeiro filme, embora eu não tenha sido capaz de fazê-lo, eu sabia que os três guerreiros poderiam ser personagens realmente divertidos se eles fossem desenvolvidos, mas eles não foram. Não fizeram isso no primeiro, não fizeram em O Mundo Sombrio. Haviam alguns momentos que foram gravados e acabaram não sendo usados no filme.”

O ator falou que mesmo em Thor: Ragnarok, onde Fandral aparece rapidamente, havia mais história do que os fãs acabaram vendo na versão final:

“Mesmo quando eu fui morto, tinha mais naquela cena. Talvez uns 30 segundos a mais, uma fala aqui, outra ali, matar, matar, você está morto. Mas eu sabia que Fandral poderia ser bucha de canhão, ou seria, sei lá. A menos que a Marvel realmente quisesse fazer tipo ‘E nós queremos cada um dos personagens que nós já vimos, especialmente os semi-deuses, fazendo parte dos Vingadores.’ Mas a verdade é que, para ser honesto, digamos que o Fandral ainda estivesse vivo e que eles dissessem que queriam que eu estivesse em Vingadores, eu provavelmente estaria sentado em Atlanta por três meses fazendo quase nada enquanto todo mundo trabalhava… e então eles diriam ‘Okay, agora nós estamos prontos para vocês, podem entrar.’ E aí nós seríamos mortos. Então a maneira como tudo aconteceu era exatamente como deveria acontecer.”

Contudo, isso não quer dizer que ele não tenha gostado de fazer este papel ou que não gostaria de ver mais dele. Sobre isso, o ator explica:

“Teria sido legal se o Fandral tivesse feito mais. Cara, que personagem divertido. Errol Flynn, viking, deus espacial, mulherengo. Vamos lá, é só diversão. Então sim, foi um pouco decepcionante, mas parando pra pensar, se eu não tivesse morrido, eu poderia ainda estar sob contrato com a Marvel e jamais teria tido a chance de conseguir esse trabalho [em Shazam!]. E eu digo, que se f***. Essa é a coisa mais legal de todas, eu estou tão feliz por poder fazer. E de poder literalmente recomeçar a minha vida. Eu estou mais saudável, mais forte e mais feliz do que eu jamais estive em minha vida.”

Fique com imagens de Shazam! em nossa galeria:

Shazam! estreou nos cinemas dia 5 de abril de 2019.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael