Capa da Publicação

Robert de Niro critica efeitos de rejuvenescimento no cinema!

Por Leo Gravena

Todo fã de filmes de super-heróis sabe que Martin Scorsese não é um dos maiores fãs da Marvel, inclusive o diretor está quase que eu uma “cruzada” contra esses filmes – além de dizer que eles não são cinema, mais recentemente ele disse que os donos de cinemas deveriam se unir e se impor aos filmes, para que outros longas sejam exibidos.

Agora, Robert de Niro, que trabalha com Scorsese em seu novo filme, falou um pouco sobre efeitos de rejuvenescimento nos cinemas, algo que é bastante usado pela Marvel. Tanto que ele citou a Editora ao falar sobre o assunto. Ao ser perguntado sobre os efeitos de rejuvenescimento usados em O Irlândês, ele comparou efeitos ruins com algo saído dos quadrinhos da Marvel.

“A parte tecnológica só pode ir até certo lugar. Não pode mudar outras coisas. Se isso foi usado tanto que chega no ponto que se torna algo que não é mais o que uma pessoa é, que um humano é, pode se tornar outro tipo de entretenimento, como quadrinhos, Marvel. Personagens de quadrinhos, algo cartunesco”. 

Diferente do que algumas pessoas entenderam, De Niro não estava criticando os efeitos utilizados pela Marvel Studios, mas sim que quando eles são mal feitos, os atores ficam parecendo personagens saídos dos quadrinhos da Marvel, já que não parecem mais pessoas reais.

 

Fique com imagens de Viúva Negra, próximo lançamento da Marvel nos cinemas:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."