Capa da Publicação

O Rei Leão – Executivo da Disney diz que o filme “fará você chorar”!

Por Raphael Martins

O Rei Leão é um clássico absoluto. O longa animado, lançado originalmente em 1994, fez um sucesso tão grande que ele reverbera até hoje, não só na vida de quem cresceu assistindo, mas dentro da própria Disney também. Afinal, este é o ano em que a história retornará ao cinemas, contada de uma maneira nunca vista antes.

Em 2019, a Disney lançará nos cinemas nada menos que três versões em live action de seus clássicos animados, começando com Dumbo, seguindo Aladdin vindo logo depois, e finalmente O Rei Leão, que é de longe o mais esperado e antecipado de todos.

Em uma entrevista ao site The Hollywood Reporter sobre tudo o que a casa do Mickey tem preparado para os fãs para este ano, Alan Horn, presidente da divisão de filmes da Disney, foi perguntado sobre quantos cortes de O Rei Leão ele já viu. Ao responder a pergunta, ele manda um aviso: vai ser uma experiência emocionante no sentido mais literal da palavra.

“Quatro,” Horn respondeu. “E leve um lenço. É muito emocional. Mas é o remake de um filme animado, então deverá haver uma porcentagem do público que dirá, ‘Bom, eu já vi o primeiro filme.’ Tudo o que eu posso dizer com certeza é que você não vai conseguir dizer que aqueles animais não são reais.”

Na produção dirigida por Jon Fraveau (Mogli: O Menino Lobo; Homem de Ferro), veremos os personagens clássicos sendo recriados através de computação gráfica e sendo dublados por um elenco de peso, que conta com nomes como Donald Glover (Simba adulto), Seth Rogen (Pumba), Beyoncé (Nala) e o retorno de James Earl Jones, famoso por ter dado voz a Darth Vader em Star Wars, como Mufasa.

Fique com um pôster de O Rei Leão em nossa galeria:

O Rei Leão chega aos cinemas 19 de julho de 2019.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael