Capa da Publicação

Manto e Adaga – Criador da série fala sobre o cancelamento!

Por Cristiano Rantin

Hoje mais cedo tivemos a triste notícia de que Manto e Adaga, aclamada série da Marvel, foi cancelada e que não teremos uma terceira temporada. Agora, Joe Polanski, o criador e showrunner da série falou sobre o caso.

Em seu twitter, Joe Polanski compartilhou uma longa declaração sobre o cancelamento, agradecendo a sua equipe, aos atores e aos fãs, aproveitando para fazer uma retrospectiva de alguns dos maiores feitos da série, que abordou temas pesados e importantes em sua trama, como tráfico de pessoas, exploração sexual, racismo e muito mais.

“Então, é. Existem partes de mim que sente um soco no estômago ou raiva das grandes forças corporativas, mas o que eu mais sinto no meu coração agora é, de longe, orgulho. Eu estou tão orgulhoso do que nós fizemos em Manto e Adaga. 

 

Esse foi o primeiro piloto que eu escrevi, eu estava muito verde, e eu coloquei meu coração nele e então ele foi colocado em uma gaveta. Quando eu fui chamado cinco anos depois, eles queriam fazer a série, e eu não estava surpreso. Porque você não pode colocar Tandy e Tyrone em uma gaveta. 

 

É assim que Manto e Adaga sempre foi, desde que eu era criança, na primeira vez que vimos eles nas páginas dos quadrinhos do Homem-Aranha. Eles aparecem e desaparecem e então reaparecem de novo. Até mesmo nos quadrinhos, você não pode colocar Tandy e Tyrone em uma gaveta. 

 

Dessa vez, não havia motivos para nos contermos. Nós encontramos uma força da natureza como a diretora Gina Prince-Bythewood, para ajudar a contar essa história adolescente e colocar os personagens da Marvel em situações que pareciam algo totalmente novo. 

 

Fomos abençoados em escalar com os atores perfeitos para Tandy e Tyrone. […] Eles foram dois atores incríveis, heróis e vilões, as vezes os dois (estou olhando para você Emma Lahana [A Mayhem da série]) que trouxeram suas própria verdades para nossa ficção e me puxaram para suas histórias, mesmo eu sabendo que elas eram invenções. 

 

Nós enchemos nossa sala com roteiristas que eram pessoas lindas (e lindamente ferradas), com passados bem diferentes, todos com histórias que eles queriam contar e que nunca haviam sido vistas antes. Todos mergulharam fundo para encontrar os heróis neles mesmos e dar uma voz a eles. 

 

Nós formamos a melhor equipe na TV. O número de arte, suor e lágrimas e colocamos em cada frame, com uma quantidade de recursos limitadas, e a dedicação para ser diverso e fazer justiça. Nós fizemos o impossível e nos tornamos uma família que eu espero que permaneça unida. 

 

E juntos, da melhor forma de pudemos, nós contamos uma história sobre um mundo em que vivemos. Essa era com vilões da vida real, que vivem abusando de seus poderes. E através de Tandy e Tyrone nós conseguimos olhá-los nos olhos, e nós dissemos da melhor maneira de pudemos ‘Não durante nossa vigília’. 

 

Mais importante que isso, tivemos um grupo forte de fãs pegando aquilo que nós entregávamos. Que levaram as conversas sobre privilégio para suas vidas. Que sabiam o que significava quando a gente colocou um homem na geladeira [fazendo referência ao polêmico caso da namorada do personagem Kyle Rayner dos quadrinhos da DC Comics, que aconteceu de forma inversa na série].

 

Quando nós saímos do comum e contamos histórias sobre o tráfico de pessoas, de uma maneira em que expomos essa escravidão moderna, de uma forma que nossos fãs puderam compartilhar histórias reais sobre suas sobrevivências, depois de verem o que fizemos na ficção. Obrigado a todos vocês por confiarem em nós. 

 

Não existe nenhum ser humano melhor em duvidar de si mesmo do que eu. E enquanto minha imaginação está bem ativa, eu não consigo pensar em uma única coisa que eu faria diferente com esse grande poder e grande responsabilidade que era no nosso cantinho do Universo da Marvel. Eu estou muito orgulhoso do que fizemos. 

 

Então sim. Atualmente Tandy e Tyrone estão em um ônibus. Eles vão andar com umas super-crianças em alguns meses. E depois disso depende dos poderes superiores. Mas eu não ficaria surpreso se essas duas pessoas especiais aparecessem onde você menos espera… 

 

… Porque você não pode manter Tandy e Tyrone em uma gaveta.”

Manto e Adaga devem aparecer no aguardado crossover com Fugitivos, depois disso o destino dos personagens é incerto.

Na galeria abaixo, veja o primeiro cartaz da terceira temporada de Fugitivos:

Fugitivos retorna no dia 13 de dezembro, na Hulu. 

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"