Capa da Publicação

Kevin Feige explica o sucesso duradouro do Universo Cinematográfico da Marvel!

Por Gus Fiaux

Desde 2008, o Universo Cinematográfico da Marvel tem provado o seu valor ao criar um universo compartilhado com grandes heróis da editora de quadrinhos. Ao longo de quase uma década, a saga ganhou espaço entre os mais diversos grupos de fãs e já se consolida como a franquia mais rentável da história do cinema.

Recentemente, Kevin Feige, o produtor principal por trás de todos os filmes desse universo, conversou com o The Hollywood Reporter a respeito do que criou essa popularidade da saga. De acordo com ele, tudo começou na origem desse universo, quando a Marvel Studios resolveu priorizar personagens mais desconhecidos que não estavam em alta nos cinemas – como era o caso dos X-Men e do Homem-Aranha, na época:

“Quando estávamos pensando em maneiras de nos distanciar: 1) produzir e finalizar ‘Homem de Ferro’, e tornar isso uma experiência única. Já tínhamos visto muitos filmes da Marvel naquela época, e queríamos nos distanciar deles. Uma das formas que eu sabia que podíamos fazer isso era não utilizar personagens grandes. E qual seria a definição desses personagens grandes: eles já tiveram uma série de TV ou filme nos últimos anos? Todos os personagens [que se encaixavam nisso] já tinham sido licenciados [para outros estúdios]. Mas nós já tínhamos todo o resto. E isso significava que podíamos uni-los e construir um universo nos cinemas da mesma forma que nos quadrinhos. Então, não foi uma epifania de nenhum tipo, simplesmente replicamos a experiência que os fãs dos quadrinhos têm nos cinemas. Um dos grandes prazeres dessa experiência é quando personagens de quadrinhos diferentes aparecem na HQ de outro personagem.”

Além disso, Feige reconheceu que essa noção de crossovers e da construção de um universo maior, que fosse diferente das demais franquias de super-heróis, foi justamente o que deixou o público tão empolgado com os demais filmes e gerou toda a reputação que o Universo Cinematográfico da Marvel tem hoje:

“A noção de uma narrativa épica que compreende os mesmos personagens ao longo de vários períodos. Nós podíamos uni-los e construir um universo nos cinemas da mesma forma que nos quadrinhos. Por um bom tempo, ‘Os Vingadores’ foi nosso horizonte, o que nós buscávamos. Foi a melhor coisa que aconteceu conosco.”

Atualmente, o MCU é a franquia mais rentável do cinema, com um ganho multibilionário nas bilheterias mundiais. A franquia ganhou muitos fãs ao longo dos anos, e neste ano seu império se consolidou com o lançamento de Vingadores: Ultimato, que logo se tornou a maior bilheteria da história do cinema.

Na galeria abaixo, fique com imagens de Viúva Negra, o próximo filme da Marvel Studios:

Viúva Negra chega aos cinemas em maio de 2020.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux