Capa da Publicação

James Gunn irá ajudar a DC a reconstruir seu universo cinematográfico, segundo site!

Por Guilherme Souza

Antes do fracasso de Liga da Justiça, a DC bem que tentou seguir os passos da Marvel Studios e construir seu próprio Universo Cinematográfico, porém depois de tantos tropeços, a Warner decidiu que era melhor abandonar essa ideia e seguir com franquias individuais dos personagens.

A abordagem deu certo e vimos que filmes como Aquaman e Shazam! ficaram muito mais bem-resolvidos, mas parece que o estúdio ainda não desistiu de rivalizar com o Universo Cinematográfico Marvel e de acordo com o site We Got This Covered, James Gunn irá ajudar a Warner a concretizar esse objetivo.

Depois de ter sido demitido da produção de Guardiões da Galáxia Vol. 3, Gunn foi contratado pela Warner para escrever o roteiro do novo filme do Esquadrão Suicida, porém meses depois, o cineasta também assumiu a direção do projeto. Mesmo tendo sido recontratado pela Disney para voltar à direção dos filmes dos Guardiões, Gunn planeja continuar seus trabalhos com a DC, porém em um cargo muito maior.

De acordo com o site, a DC terá duas linhas do tempo nos cinemas, uma contendo franquias como Aquaman e Mulher-Maravilha e outra que reinicia esse universo, começando com filmes como The Batman e Supergirl, que não irão se conectar com os filmes anteriores. O site afirma que Gunn está envolvido em diversos projetos da DC que virão no futuro, assumindo o papel de supervisor do novo Universo Cinematográfico.

A fonte do site afirma que existe a possibilidade das linhas do tempo de ambos os universos se fundirem em algum momento para que os personagens possam se unir nas telonas, contudo, os planos imediatos não contam com isso. Considerando que o Esquadrão Suicida de Gunn será uma espécie de remake do filme de 2016, é possível que a ideia de um reboot desse universo esteja de fato acontecendo.

Por hora, nos resta aguardar por informações mais concretas.

Fique com imagens de Coringa, próximo lançamento da DC nos cinemas:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'