Capa da Publicação

Hollywood não sabe guardar segredos!

Por Guilherme Souza

Você já teve a impressão de estar assistindo um trailer e achar que viu muito do filme? Pois é, em muitos casos, isso não é só uma impressão.

Nos últimos anos, as reclamações de que momentos-chaves de alguns filmes foram revelados através de trailers aumentaram exponencialmente. Enquanto alguns estúdios parecem fazer o possível para corrigir esse problema, outros, parecem não se importar com isso e continuam divulgando mais e mais informações que poderiam ser preservadas para os cinemas.

Com isso, inicia-se um eterno debate nas redes sociais, entre aqueles que fazem o possível para fugir de informações sobre os filmes e aqueles que se divertem comentando cenas, trailers e qualquer outro material promocional que os estúdios disponibilizem, mas quem está certo?

Como vimos nos trailers dos filmes Batman vs Superman: A Origem da Justiça, O Espetacular Homem-Aranha 2, Vingadores: A Era de Ultron e tantos outros, a equipe de marketing pode “errar a mão” e, na sede de atrair o público, acabar mostrando mais do que deveria.

Ao que parece, a Sony Pictures tem um lema interno que diz “quanto mais mostrarmos, melhor”. Assim como foi feito na campanha de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, a campanha de divulgação de Homem-Aranha: Longe de Casa está cheia de inúmeros trailers, comerciais de TV e até cenas completas, que mostram diversas informações importantes que, talvez, seria melhor terem sido deixadas para os cinemas.

Como sabemos, a Marvel Studios construiu um Universo Cinematográfico extremamente bem-sucedido e depois do que vimos em Vingadores: Ultimato, é óbvio que o público ficaria animado para conferir o próximo lançamento desse Universo, que não por acaso, é o próprio “Longe de Casa”. Além disso, o Aranha é um dos personagens mais populares da Marvel, o que significa que um novo filme dele é garantia de sucesso, ainda mais na atual cronologia.

Fora isso, tem também o fato de que Sony lançou um trailer do filme antes mesmo do lançamento de “Ultimato”, sendo que, por mais que soubéssemos que o Aranha seria revivido de alguma maneira, ele ainda estava morto, ou seja, isso automaticamente tirou um pouco do impacto do retorno dele no filme.

Enquanto a Sony continua apostando nessa tática extremamente expositiva, outros estúdios como Warner e Marvel Studios parecem ter aprendido com os erros do passado e apostam em campanha mais simples e pouco reveladores.

Depois de literalmente mostrar o Apocalypse nos trailers de BvS, a Warner passou a restringir mais seu marketing. Embora ela ainda tenha mostrado muito de Aquaman, muitas surpresas do filme foram preservadas e essa restrição ficou ainda mais evidente com Shazam!, que sustentou seu marketing em trailers que não mostravam Os Sete Pecados Capitais ou a Família Shazam!, algo que foi muito gratificante para o público.

Outro bom exemplo dessa mudança é o Marvel Studios, que foi além e não só passou a fazer trailers mais misteriosos, como também incluir cenas alteradas digitalmente ou que sequer entrarão no corte final dos filmes em seus materiais promocionais.

Enquanto alguns afirmam que isso é uma espécie de “propaganda enganosa”, outros, se sentem aliviados por saber que podem assistir o trailer apenas para ficarem ainda mais empolgados com o lançamentos, sem a necessidade de se preocupar que alguma surpresa será estragada.

Na era da internet, fica ainda mais difícil esconder as surpresas, já que, quase que diariamente, surgem fotos dos bastidores, vídeos, artes conceituais e inúmeros outros materiais que dão ferramentas para que os fãs deduzam a trama dos filmes, sendo assim, o questionamento se repete: é mesmo necessário fazer divulgações tão expositivas atualmente?

É claro, os estúdios precisam atingir um público que vai muito além daqueles que acompanham notícias dos bastidores e qualquer novo material promocional que é divulgado, mas é aí que nasce o desafio de fazer campanhas que chamem a atenção do público de massa, preservando informações relevantes sobre os filmes.  

E vocês, gostam de ver todo novo material que sai ou preferem se preservar para o filme completo?

Enquanto isso, fique com algumas imagens de Homem-Aranha: Longe de Casa:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'