Capa da Publicação

Escultura do Homem-Aranha é acusada de “promover o satanismo” nos Estados Unidos!

Por Raphael Martins

Uma estátua do Homem-Aranha vem dado o que falar na cidade de Lincoln, nos Estados Unidos. Colocada próximo ao zoológico infantil da cidade como parte de um projeto de esculturas, a obra de arte foi confundida com uma representação do demônio por uma mulher que mora no local.

O monumento, que mostra as mãos do Homem-Aranha lançando suas teias, foi acusada pela mulher de “promover o satanismo”. Ela até escreveu uma carta ao prefeito da cidade, Leirion Gaylor Baird, demandando a retirada imediata da estátua do local.

De acordo com o jornal local, a mulher escreveu que “a escultura tem suas mãos abertas, nas cores vermelha e preta, formando os chifres do demônio”, e que aquilo era “um crime de ódio contra a igreja.”

O projeto de arte ao qual a estátua pertence, chamado “As Mãos que Servem”, visa usar seus procedimentos para beneficiar a vida no Campus local. Uma pequena porção dos lucros irá para os artistas envolvidos com o projeto.

Lin Quenzer, que trabalha no gabinete do prefeito, respondeu à mulher, dizendo que a escultura “não tem nada a ver com o demônio, claramente tem uma intenção infantil e divertida.”

Veja a escultura na nossa galeria aqui embaixo:

Fonte: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael