Capa da Publicação

Diretor de Sorry to Bother You critica Coringa e filmes de heróis

Por Cristiano Rantin

Ultimamente temos visto diversos diretores criticando os aclamados filmes de heróis, com comentários que dizem que esses filmes “não são cinema” ou que sugerem uma infantilização do público por causa do gênero. O novo diretor a entrar nessa moda é Boots Riley, do filme Sorry To Bother You, que fez severas críticas especialmente contra o Coringa.

Riley afirmou que o que Todd Phillips faz em seu filme é criar uma “anti-rebelião”, mesmo que a trama do longa seja justamente a revolução criada por Arthur Fleck. O diretor diz que Coringa faz exatamente a mesma coisa que todo filme de super-herói e apresenta uma rebelião como loucura, o que para Riley faz com que os filmes do gênero sejam, no fim das contas, o mesmo que filmes de policiais, reforçando, ainda que a culpa da sociedade é das pessoas e não do sistema opressor.

“[Coringa] tem performances excelentes e você sabe que eu amo Joaquin Phoenix e torço para trabalhar com ele,” disse Riley em uma entrevista para o IndieWire. “Mas basicamente o filme não estava revolucionando o gênero de super-herói, ele estava fazendo exatamente a mesma coisa que todos eles fazem, que é dizer ‘revoluções são loucas’. É isso que eles te dizem, que as pessoas se rebelando não tem motivos reais para fazer isso.”

Ele continua:
“É a mesma mensagem que O Cavaleiro das Trevas tentou nos contar. […] A verdade é que esses filmes de super-heróis são filmes de policiais e histórias de policias e seriados de policias. E filmes de policiais são todos sobre a mesma coisa: Afirmar que aqueles que estão na pobreza estão assim porque fizeram escolhas ruins, por causa dos seus erros ou por causa de suas deficiências, sem que isso tenha algo a ver com o sistema.”  

O diretor então volta a falar de Coringa, explicando que para ele, o filme ataca principalmente pessoas pobres:

Coringa reforça isso através do que ele narra, essas pessoas não apenas estão ali [na pobreza] por serem como são, mas que pessoas pobres são estúpidas e que quando elas se rebelam, é porque elas estão com raiva e, na verdade, pessoas ricas não tem nada a ver com o fato delas serem pobres, quando na verdade pessoas ricas só ficaram ricas depois que exploraram os trabalhadores.”

E ai, concordam com o que ele disse?
Veja Também: 
Coringa é indicado para mais uma premiação importante
Diretor de Coringa ainda não falou com Joaquin Phoenix sobre sequência!
Coringa é indicado aos quatro maiores prêmios do Globo de Ouro!
Confira imagens do bastidores do filme abaixo:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"