Capa da Publicação

Detetive Pikachu – Ator fala sobre como o filme aborda um novo lado do universo Pokémon!

Por Lucas Rafael

Em uma coletiva de imprensa com presença da Legião dos Heróis, o ator Justice Smith – intérprete do protagonista Tim Goodman em Detetive Pikachu – falou um pouco sobre como o primeiro filme live-action da franquia Pokémon encapsula a animação clássica e jogos icônicos na forma de referências e easter-eggs espalhados pela trama do longa, discursando também sobre como a narrativa aborda um novo lado do universo dos monstrinhos.

Smith detalhou a maneira como a trama de Detetive Pikachu, ambientada na região fictícia de Rhyme City, imagina como seria uma sociedade que dispusesse de Pokémon.

“Acho que a Pokémon Company está tentando mostrar um contraste entre essa nova região de Rhyme City na qual Pokémon e humanos convivem em harmonia e esse outro lado que vimos antes no universo Pokémon, Pokémon em Pokébolas, coletados e treinados em batalha. Assim damos uma compreensão maior do mundo em que os Pokémon existem. Fazemos isso no nosso filme, falamos sobre a diferença entre o local onde Tim cresceu, onde eles mantém Pokémon em Pokébolas e então quando ele [Tim] vai para Rhyme City e vê os Pokémon cozinhando e ajudando no tráfego das ruas.”

O ator também revelou que o filme não renega os fãs, afirmando que existem surpresas escondidas referentes aos jogos e animações da franquia:

“Existem easter-eggs referentes à série original e dos videogames, mas, Detetive Pikachu era um jogo antes de um filme, então é mais próximo da narrativa do jogo original, ainda assim existem diversas supresinhas escondidas para os fãs da franquia.”

Sobre o personagem Tim retornar em futuras adaptações da franquia Pokémon, Smith ainda não tem certeza:

“Espero que sim, mas nada que eu saiba.”

E aí, empolgado para Detetive Pikachu? Comente!

Na galeria a seguir fique com cartazes do filme:

Detetive Pikachu chega aos cinemas no dia 9 de maio.

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais