Capa da Publicação

Capitã Marvel – Diretores falam sobre como objeto conhecido pelos fãs foi parar no filme!

Por Evandro Lira

Atenção: Alerta de Spoilers!

Capitã Marvel chegou com tudo na semana passada, e após o lançamento, é muito comum que a equipe do filme fale sobre as ideias por trás de cada decisão tomada. A aparição do Tesseract no longa foi um dos assuntos abordados pela revista Empire com os diretores Anna Boden e Ryan Fleck.

Em Capitã Marvel descobrimos que o núcleo da velocidade da luz que Mar-Vell estava trabalhando era impulsionado pelo poder do Tesseract. E todo mundo lembra que a primeira vez que o objeto apareceu no UCM foi em Capitão América: O Primeiro Vingador, ou seja, muitas décadas antes dos eventos de Capitã Marvel. Então como ele foi parar nas mãos de Mar-Vell?

A diretora Anna Boden conta que a inclusão do artefato, crucial para a trama e para todos os acontecimentos dos filmes da Marvel, aconteceu numa reunião de brainstorming, onde a equipe concluiu que eles não precisavam criar uma nova fonte de energia para que Carol Danvers ganhasse seus poderes, eles já tinham.

O Tesseract, que estava sobre posse do governo, era extremamente poderoso, mas ninguém tinha ideia:

“Eles meio que o tinham em algum lugar na SHIELD, e [Mar-Vell] foi capaz de usá-lo para criar seu motor de velocidade.” conta Boden. “Só ela, como alienígena, sabia que aquilo tinha todo esse poder e descobriu como aproveitá-lo.”

O que acontece com o objeto após Capitã Marvel, todos já sabem. Ele volta a ser guardada pela Shield, até que depois de todos os eventos trágicos do primeiro filme dos Vingadores, Thor leva o Tesseract para ser guardada Asgard. Algum tempo depois Thanos recolhe o objeto, revelando que  ela é na verdade a Joia do Espaço, e a adiciona na Manopla Infinita, usando o poder dela e das outras jóias para dizimar metade do universo.

E você, curtiu a aparição do Tesseract no filme da Capitã Marvel? Comente!

Fique com imagens de Capitã Marvel em nossa galeria:

Capitã Marvel estreou nos cinemas dia 7 de março de 2019.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira