Capa da Publicação

Capitã Marvel – Candidata ao congresso dos EUA quer que o governo tome medidas contra Trolls da Internet!

Por Raphael Martins

Capitã Marvel já estreou e agora todos podem conferir a primeira grande aventura de Carol Danvers no cinema, mas a jornada do filme até lá não foi um mar de rosas. Trolls tentaram de tudo para negativar o filme no site Rotten Tomatoes e iniciaram uma campanha de difamação na internet. Mas a brincadeira pode estar ficando mais séria.

Brianna Wu, candidata ao congresso dos Estados Unidos, foi entrevistada pelo veículo Bloomberg Technology e defendeu que o governo americano deveria agir contra usuários responsáveis por iniciativas de boicote e ataques a filmes estrelados por mulheres em posição de liderança. Para ela, isso demonstra um ataque não apenas à essas produções, mas à todas as mulheres em si.

“É uma história meio que familiar a esse ponto, certo? Nós estávamos aqui em Caça-Fantasmas – parece que toda vez que uma mulher dá um passo à frente e tenta colocar o pé na água em um campo dominado pelos homens, nós voltamos para cá. É tão frustrante.”

Wu diz que grandes redes sociais, como o Facebook e o Twitter, não fazem o suficiente para inibir a ação e o assédio de Trolls, se referindo a isso como um problema de gênero, que também afeta os homens.

“Eu acho que há certamente um papel em Washington para nós no que diz respeito ao que as mulheres enfrentam tanto na indústria da tecnologia quanto com o que as usuárias encaram do outro lado. Algo que nós vemos são grandes promessas do Facebook, do Twitter, do Reddit, de todas essas companhias, que eles estão fazendo algo quanto a essa situação. Para mim, olhando em 2019, é muito difícil apontar uma única coisa que tenha de fato mudado para as mulheres na indústria tecnológica, então eu acho que Washington tem um papel a cumprir.”

Ao ser questionada quanto a descrever como essa legislação poderia ser, Wu citou a indústria dos games:

“Eu acho que tudo começa com essas empresas sabendo que Washington vai levar isso a sério. Na indústria dos games, eles ouviram coisas sobre violência nos anos 90 e aí olharam para isso e disseram ‘Se nós não levarmos isso a sério, eles vão regular nosso campo.’ E então nossa indústria formou a ESRB, que é auto-regulada e funciona maravilhosamente bem. O que eu acho que vai acontecer é que se você tiver pessoas em Washington cuidando dos subcomitês de Ciência, Espaço e Tecnologia olhando para isso, se houver uma ameaça real de uma legislação vindo por aí, isso vai fazer com que essas empresas finalmente façam a coisa certa.”

Confira a entrevista com Brianna (em inglês) abaixo:

E você, concorda com a candidata? Deixem seus comentários!

Fique com algumas imagens de Capitã Marvel abaixo:

Capitã Marvel já está em cartaz nos melhores cinemas.

Fonte: ComicBook

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael