Capa da Publicação

Animais Fantásticos – Ainda há magia no Mundo Bruxo?!

Por Gus Fiaux

Lançado no final do ano passado, Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald pode até ter dividido as opiniões do público, mas certamente abriu várias portas e possibilidades para a franquia, que ainda tem mais três filmes para serem lançados – todos contando com a jornada de Newt Scamander Alvo Dumbledore para impedir a crescente ameaça de Gerardo Grindelwald. 

A saga, que se passa muitos anos antes do desenrolar de Harry Potter, fala sobre uma das maiores guerras do Mundo Bruxo, quando o bruxo das trevas austríaco começa a clamar seguidores para uma causa higienizadora e supremacista, atacando trouxas não como se eles fossem inferiores – mas sim como se os bruxos fossem uma classe diferente e que não devesse se curvar ao medo do desconhecido.

No meio disso, temos uma jornada “secundária”, introduzida em Animais Fantásticos e Onde Habitam, onde encontramos novos personagens – como o já mencionado Newt, além de Tina Queenie Goldstein e o trouxa Jacob Kowalski. Eles estão ali como os grandes motivadores da trama, acompanhando tudo pelos bastidores. Mas como será que essas duas tramas devem convergir?

De muitas maneiras, pelo que estamos vendo. Se Os Crimes de Grindelwald provou alguma coisa é que a ameaça do bruxo das trevas veio para abalar as estruturas não apenas do Mundo Bruxo, mas também de toda a Terra – já que, como muitos sabem, Grindelwald também teve um dedinho em um dos conflitos mais sanguinários da história da humanidade, a Segunda Guerra Mundial – e o filme já deixa pistas disso.

O terceiro filme até pode ter sido adiado por um tempo, levantando a suspeita que se trate de um tempo para que a Warner Bros. possa ajustar alguns detalhes e modificar algumas coisas, para que a recepção crítica e comercial da franquia atenda às expectativas. Contudo, a explicação oficial é de que o longa terá uma escala muito maior que os dois anteriores, e portanto precisa de um tempo maior de desenvolvimento.

Seja como for, o que J.K. Rowling tem em mãos é uma tarefa árdua – conceber uma história que responda às perguntas deixadas no segundo filme – especialmente envolvendo um certo Credence Barebone -, enquanto também desenrola uma história que sempre esteve ali, nos cantinhos obscuros do Mundo Bruxo, sem nunca antes ter sido contada em um livro de Harry Potter. 

E por falar em Harry Potter, a saga de Animais Fantásticos deve acabar incorporando cada vez mais elementos da história do jovem bruxo. Só no segundo filme, já tivemos a inclusão de personagens como Dumbledore, Nagini Nicolau Flamel – e os três terão um papel fundamental no futuro, trazendo mais reviravoltas para o que até então era um cânone consolidado.

Sabemos que, ao longo dos próximos filmes, veremos a tensão aumentando. O quinto longa, como já foi anunciado, deve se passar em 1945 – o ano em que Dumbledore e Grindelwald finalmente se enfrentaram, resultando na derrota do vilão. Foi ali também que Alvo conseguiu tomar posse da Varinha das Varinhas, um item importante do universo de Harry Potter. 

Com isso, por mais imprevisível que a franquia esteja, com os devidos acertos, podemos afirmar que ainda há magia a ser explorada no Mundo Bruxo, seja através da narrativa secundária de Newt Scamander – afinal, o nome da franquia ainda é Animais Fantásticos – ou da grande guerra que está prestes a eclodir, não deixando pedra sobre pedra para todos os seus participantes.

O mundo de Rowling é vasto e ainda pode ser expandido de diversas formas, seja nesta saga ou em outra série de filmes, mas ainda precisamos esperar para que todas as peças sejam colocadas no tabuleiro. Só teremos uma noção exata quando todos os filmes já tenham sido lançados, e finalmente possamos observar o quadro completo, e como esses filmes vão se encaixar no universo já estabelecido.

Na galeria abaixo, fique com imagens do mais recente filme:

Se você perdeu Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald nos cinemas ou quer se aventurar novamente com Newt no Mundo Bruxo, o filme já está disponível para compra no formato digital. Confira clicando neste link!

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux